Consumo fiel é um dos atrativos para investimento no segmento evangélico

No Paraná, empresários investem em produtos para evangélicos

Atualizado: Quarta-feira, 22 Fevereiro de 2012 as 9:04

Com 55 milhões de evangélico no Brasil, segundo os últimos dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e um faturamento de R$ 1 bilhão por ano, empresários paranaenses vem investindo em produtos e serviços que atenda a esse nicho de mercado.

Além do material de evangelização, empresários apostam de em roupas diferenciadas a sites de compras coletivas cristãs.


Conforme publicado no Bem Paraná, em Curitiba, por exemplo, umas das mais conhecidas empresas a trabalhar com este nicho é a Editora Luz e Vida, responsável pelo personagem Smilinguido, e que cresceu 11,11% no último ano. Bonecos de pelúcia com temas e mensagens cristãs, bíblias com os personagens e agendas são o carro-chefe do faturamento da empresas. Há 32 anos o mercado, completados em 31 de janeiro, Márcio Aparecido Farinas, coordenador comercial do Mercado de Representação da Editora Luz e Vida, afirma que para este ano, o foco são as franquias e investimentos em novas lojas-próprias.

“As franquias, contarão com espaços multifuncionais, com cenário lúdico e atividades pedagógicas”, revela. Hoje, a Editora conta com quatro lojas-próprias: em Curitiba, em Porto Alegre e duas em Recife (PE). Os produtos Luz e Vida estão em mais de 30 países, com estampas do personagem Smilingüido e sua Turma. Atualmente, a Editora comercializa 200 produtos estampado com o personagem.
Entre estes produtos estão camisetas fabricadas pela Malharia Luzza Produtos Cristãos, de Londrina.

Luza Oliveira Fernandes, proprietária da empresa, conta que começou produzindo peças de porcelanas com mensagens bíblicas. Mas a partir de 2003, a empresa fechou um contrato para a produção de camisetas para a linha Nosso Amiguinho e, a partir daí, resolveu investir na produção de camisetas com mensagens voltadas para os cristãos de modo geral. “Sem alusão a esta ou aquela igreja e com modelagem mais jovial, mais modinha”, conta.  

veja também