Convocado por Dilma, Jean Wyllys manda recado para cristãos: "Aceite que dói menos"

O deputado foi convidado pela candidata à reeleição pelo PT a participar de um evento jovem, na Zona Leste de São Paulo. Ao final do evento, Dilma afirmou que irá "lutar para criminalizar a homofobia".

Fonte: guiame.com.brAtualizado: terça-feira, 28 de outubro de 2014 18:29
Convocado por Dilma, Jean Wyllys manda recado para cristãos: "Aceite que dói menos"
Convocado por Dilma, Jean Wyllys manda recado para cristãos: "Aceite que dói menos"

Convocado por Dilma, Jean Wyllys manda recado para cristãos: "Aceite que dói menos"Com apoio não muito significativo dos cristãos, Dilma Rousseff convocou um novo aliado recentemente: o deputado e militante do movimento LGBTT, Jean Wyllys (PSOL).

O deputado foi convidado pela candidata à reeleição pelo PT a participar de um evento jovem, na Zona Leste de São Paulo. Ao final do evento, Dilma afirmou que irá "lutar para criminalizar a homofobia".

“Tenho o compromisso de lutar contra a discriminação da juventude negra neste país, contra os autos de resistência, contra esse morticínio, assim como eu tenho compromisso de lutar contra violência que motiva a mulher, assim como contra a homofobia, temos de criminalizar a homofobia”, disse.

"Recado"
Após a convocação feita pela petista, Jean Wyllys fez uma postagem nas redes sociais, chamando de "fundamentalistas" os deputados e líderes evangélicos que lutaram contra projetos como o PLC 122 e outros projetos que atentavam contra a família.

Em um trecho da postagem, Jean Wyllys mistura homofobia, racismo e até perseguição religiosa.

"Os fundamentalistas tentam desconstruir todos os projetos e pautas voltadas para a garantia de direitos das minorias e grupos sociais difamados (negros, mulheres, moradores de periferia, LGBTs, adeptos de religiões de matriz africana, pessoas com deficiências ou com doenças raras, etc.), distorcendo o conteúdo de propostas legislativas apresentadas por mim e que formam parte dos compromissos programáticos que a presidenta Dilma concordou comigo em assumir", disse.

Depois, o deputado ainda dirigiu ataques novamente ao Pastor Silas Malafaia, chamando-o de "MAL-afaia".

"Desculpa aí, MAL! Eu estou apoiando a campanha da Dilma e ela assumiu compromissos programáticos, sim! Não para mim, mas para o bem do povo. E tem mais: ela vai vencer!Aceite que doi menos", disparou.

Histórico
Jean Wyllys foi eleito pela primeira vez como deputado federal pelo PSOL, no Rio de Janeiro, em 2010.

A quantidade de votos que conseguiu foi a menor do Estado. (13.016, que correspondeu a apenas 0.2% dos votos válidos), porém Jean conseguiu assumir a vaga, graças ao desempenho do deputado federal Chico Alencar (PSOL), que conquistou 240.671 votos (3%).

Com informações do Terra

Siga-nos

Mais do Guiame