Cordão de Três Dobras

Cordão de Três Dobras

Atualizado: Sexta-feira, 25 Março de 2011 as 9:21

Paulo Solonca é precursor das chamadas “Igrejas Acolhedoras”. Muito antes de George Barna cunhar essa nomenclatura para igrejas que se preocupam – de fato – com o bem estar espiritual e material de seus membros, Paulo Solonca – recém formado pelo Seminário Teológico Palavra da Vida – já iniciava em São Paulo sua primeira igreja, totalmente voltada para a construção holística da pessoa humana (espiritual, psicológica e material).

Com o tempo, Paulo Solonca se tornou um especialista em “relacionamentos”. Sua facilidade natural para fazer amigos e sua profunda dedicação ao Senhor e ao ministério pastoral – conforme a orientação apostólica em Timóteo, Tito e Pedro – permitiram-lhe realizar um ministério no sul do país e especialmente na Primeira Igreja Batista em Florianópolis de alcance mundial. Fundou a Associação Mundial dos Discípulos de Cristo e suas idéias e práticas sobre “relacionamentos” e “discipulado” já são conhecidas nacionalmente e em muitos países. Anualmente as conferências promovidas pela AMD reúnem um grande número de “discípulos de Cristo” para compartilhar as bênçãos e lutas do ministério.

Em seu recente livro: “O Cordão de Três Dobras”, Solonca apresenta o resultado dos últimos 20 anos de ministério, conferências e aconselhamentos por todo o Brasil.

Esse é um livro indispensável para todos que desejam fazer amigos e desenvolver bons relacionamentos por toda a vida. Paulo Solonca nos ensina sobre a importância dos relacionamentos interpessoais, desde um simples coleguismo até os relacionamentos conjugais. Somos orientados a nos compreendermos melhor e a compreendermos as pessoas como são; como resolvermos conflitos de uma maneira saudável e amistosa; e aprendemos como nos comunicarmos melhor e obter melhores resultados em nossos contatos pessoais.

Formato: 14x21cm; 200 págs.  

veja também