CPAD realiza 4ª edição do Prêmio Professor do Ano

CPAD realiza 4ª edição do Prêmio Professor do Ano

Fonte: Atualizado: sábado, 31 de maio de 2014 09:40

A Casa Publicadora das Assembleias de Deus (CPAD) está com as inscrições abertas para a 4ª edição do Prêmio Professor de ED do Ano. O educador selecionado será contemplado com um prêmio de R$ 10 mil reais em cheque nominal e o Troféu Antonio Gilberto. Além disso, a CPAD também vai entregar para a congregação da qual o educador é membro um vale-compra com o mesmo valor para ser trocado em livros numa das filiais da editora em todo o Brasil. O período de inscrições para a edição 2011 será de 31 de maio a 30 de setembro.

A programação faz parte das ações de incentivo da Casa para a área do ensino bíblico,  para a qual também realiza os Cursos de Aperfeiçoamento para Professores de Escola Dominical (Caped’s), Conferências de Escola Dominical, congressos e seminários no sentido de divulgar a Palavra de Deus e reforçar seu compromisso com a didática bíblica.

A proposta de também premiar a congregação do educador surgiu da ideia de que um professor, para realizar um bom trabalho, precisa do apoio de sua igreja. “As igrejas são grandes parceiras da CPAD na cruzada de ensino da Palavra de Deus que a editora vem empreendendo em todo o país nos últimos anos. Também são os locais onde os professores são formados. Primeiro como alunos e daí em diante vem a vocação, capacitação e chamada. Por isso, a CPAD não poderia, no momento do reconhecimento, deixar de lado quem tanto ajuda”, destaca Ronaldo Rodrigues de Souza, diretor-executivo da CPAD.

A irmã Sônia Terezinha, ganhadora da primeira edição e conduz um trabalho de destaque no município de Santa Maria (RS), estimula os demais a participarem. Segundo a educadora, ela jamais imaginaria que seria a contemplada com o prêmio. “Eu tenho apenas o antigo colegial, não tenho tanto estudo. Isso foi resultado do amor e da dedicação à obra. Por isso, digo aos irmãos que se sentem constrangidos de participar que não temam, pois é o Senhor quem os capacita”, orienta Terezinha.

Para os candidatos, é importante salientar que a comissão organizadora destaca a validação dos trabalhos enviados. As normas indicadas para o ato de inscrição são indispensáveis. O educador será considerado apto para disputar o prêmio deve apresentar justificativa, objetivo, conteúdo, metodologia e relevância pedagógica. Para participar do concurso, o candidato deve estar exercendo a função, independente de sua faixa etária, em todo o território nacional; os mesmos devem ter desenvolvido experiências pedagógicas com o Novo Currículo de Escola Dominical, as quais deverão ter sido realizadas (e possam ser comprovadas) no período de janeiro de 2007 a dezembro de 2010. Para auxiliar os interessados, a organização do Prêmio publica abaixo mais informações a serem seguidas.

Os trabalhos que chegarem após o prazo estipulado serão automaticamente desclassificados. Os candidatos deverão enviar seus trabalhos pelos Correios (por meios que comprovem o seu recebimento, tais como carta registrada ou sedex). Não serão considerados trabalhos via e-mail. Os trabalhos que chegarem, dentro do prazo determinado, estarão inscritos no prêmio. Os materiais deverão ser enviados ao seguinte endereço: Casa Publicadora das Assembleias de Deus, Setor de Educação Crist㠖 Av. Brasil, 34.401, Bangu – Rio de Janeiro (RJ), CEP: 21.852-002.

Cada igreja poderá inscrever dois projetos desenvolvidos por professores de faixas etárias distintas. O projeto, mesmo tendo sido elaborado e/ou realizado por mais de um professor, deve ser inscrito no nome de apenas um educador, bem como deve conter os nomes, ou telefones e e-mails do pastor presidente da igreja e do superintendente da Escola Dominical. Os funcionários da CPAD, que trabalham na matriz e filiais como também da CGADB não poderão participar. A editora premiará somente o educador em nome do qual o trabalho foi inscrito, não se responsabilizando pela divisão do prêmio entre as demais pessoas envolvidas no projeto.

O trabalho deve ser digitado em fonte Times New Roman, corpo 12, espaço simples, em folhas de papel tamanho A4 (ofício), contendo no mínimo duas e no máximo seis folhas. O trabalho deve conter a descrição de uma experiência educativa com o Novo Currículo de Escola Dominical da CPAD, bem como a(s) Justificativa (s) (os motivos que levaram o educador a realizá-la); o(s) Objetivo(s) (os alvos estabelecidos pelo professor); Metodologia (o passo a passo do desenvolvimento do projeto); Conteúdos (Relação dos temas trimestrais do Novo Currículo utilizados durante a experiência); Avaliação (do processo de aprendizagem dos alunos e do fazer pedagógico do professor); Autoavaliação (relacionamento com os alunos, com a superintendência, com o corpo discente, assiduidade, compromisso profissional); Inclusão de portadores de necessidades especiais (se houver). Não devem ser enviados outros materiais (fotos, vídeos, etc.), além dos supracitados.

As etapas do processo seletivo serão as seguintes: análise de todos os trabalhos enviados; seleção dos quatro melhores trabalhos enviados; escolha de um premiado como o Professor de Escola Dominical do Ano. Os trabalhos serão avaliados pela equipe de pedagogos do Setor de Educação Cristã. A premiação do Professor de Escola Dominical do Ano vai acontecer nos dias 27 a 30 de outubro de 2011 na 22ª Conferência de Escola Dominical, na cidade de Campinas, São Paulo.

Os quatro trabalhos selecionados serão divulgados pela revista Ensinador Cristão, um em cada número, na ordem crescente de suas respectivas classificações no prêmio. A CPAD arcará com as despesas de transporte e estada do professor por ocasião da 22ª Conferência de Escola Dominical.

É de inteira responsabilidade do(a) professor(a) que se inscreveu o ônus relativo aos direitos autorais de textos, imagens e outros que possam fazer parte do trabalho. O participante autoriza automaticamente, com sua inscrição, a CPAD a utilizar, editar, publicar e reproduzir por meio de jornais, revistas, televisão, rádio e internet, imagens, conteúdos e outras informações, sem qualquer restrição. Todos os trabalhos encaminhados a CPAD para participar do Prêmio não serão devolvidos sob hipótese nenhuma. A escolha do Professor de Escola Dominical do Ano, bem como o julgamento de casos omissos nesse regulamento, será de inteira responsabilidade da Casa Publicadora das Assembleias de Deus, de forma soberana e irrecorrível. A participação no Prêmio Professor de Escola Dominical do Ano implica a aceitação irrestrita deste regulamento.    

Por Eduardo Araújo

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições