CPI da Pedofilia deve encerrar atividades no próximo dia 25

CPI da Pedofilia deve encerrar atividades no próximo dia 25

Atualizado: Quinta-feira, 21 Outubro de 2010 as 9:38

A Comissão Parlamentar de Inquérito que investiga crimes de pedofilia no estado de São Paulo deve ter suas atividades encerradas na próxima segunda-feira, 25, em uma Sessão Extraordinária que acontecerá às 11 horas no Plenário Tiradentes.

Na reunião, a Comissão presidida pelo deputado José Bruno (DEM), tomará conhecimento do relatório final, preparado pela deputada Beth Sahão (PT). Os trabalhos da CPI se deram em duas etapas: com audiências e oitivas realizadas na Assembleia Legislativa e por meio de diligências a secretarias estaduais e órgãos ligados ao governo.

"Nosso objetivo foi entender como e onde acontecem os crimes, por isso ouvimos diversos técnicos, profissionais das áreas de saúde, justiça, polícia e estudiosos sobre o assunto, como representantes de ONGs e entidades. Depois partimos para conhecer a estrutura oferecida pelo Estado disponível para atendimento as vítima e políticas de prevenção", explicou José Bruno. Dentre os órgãos visitados pela CPI estão as secretarias da Educação, Assistência e Desenvolvimento Social, Justiça, Saúde e Deic.

Segundo a deputada Beth Sahão, relatora da CPI da Pedofilia, o documento deve "apontar diversos procedimentos e protocolos para atendimento eficaz às vítimas, bem como a formulação de políticas públicas para esclarecimento, conscientização e melhoria no aparato de órgãos do governo para enfrentar e punir os crimes de abuso sexual infanto-juvenil".

Para José Bruno, todas as autoridades visitadas pela CPI "demonstraram o mesmo interesse e preocupação com o tema, boa vontade no fornecimento de documentos e dados, e o desejo de ver esse delito banido da nossa sociedade. Sabemos que não é fácil, mas temos o compromisso [das autoridades] em trabalhar de forma conjunta, e a sugestão e possibilidade de tarefas coordenadas para esse combate", destacou.

A CPI da Pedofilia teve início no dia 6 de abril e foi prorrogada até 2 de novembro. A antecipação para 25 de outubro acontece por conta dos feriados que antecedem a data do encerramento.

Por Adriana Bernardo

veja também