Crentes bom de briga

Crentes bom de briga

Atualizado: Segunda-feira, 24 Dezembro de 2012 as 11:52

“Sendo assim, não corro como quem corre sem alvo, e não luto como quem esmurra o ar. Mas esmurro o meu corpo e faço dele meu escravo, para que, depois de ter pregado aos outros, eu mesmo não venha a ser reprovado.“ 1 Coríntios 9:26-27

 
Que absurdo! Como assim gente, Jesus manda que sejamos dóceis e amáveis e esse cara vêm dizer que temos que ser bons de briga? Pois é, a bíblia nos ensina que devemos ser bons lutadores, mas devemos estipular muito bem quem são nossos adversários.
 
Sou fã de MMA (Mixed Martial Arts) ou numa tradução livre, Artes Marciais Mistas. Hoje muito popularizada através da indústria UFC que tem levado este esporte cada dia mais as casas dos brasileiros. Lutadores de todas as partes do mundo se enfrentam dentro de um octógono, tudo cercado de muitas regras e desportividade.
 
Acredito que Paulo também era um apreciador de esportes, vemos em vários trechos de suas cartas a comparação entre a vida cristã e a vida de um atleta. Mas quero me atentar apenas a este trecho onde o autor cita um esporte que também deveria ser do seu feitio, a luta.
 
Quando falamos em luta muitos já pensam em agressividade, crueldade e maldade. Quem conhece realmente o esporte sabe muito bem que não se trata disto. Um esporte como este exige do atleta um rigor físico extremo, além de atributos indispensáveis como coragem, determinação e confiança.
 
É preciso coragem para lutar em nossa caminhada , muitas vezes batemos de frente com nossa família, amigos e colegas de trabalho. Nossa fé é questionada e colocada a prova todos os dias, mas o verdadeiro cristão encara de frente os questionamentos, não tem medo de bater a mão no peito e dizer: eu luto por Cristo, e serei leal a Ele até o fim.
 
 
Determinação é a palavra chave deste ensino bíblico, não corremos como quem corre sem alvo, nem esmurramos o ar, sabemos muito bem o que fazemos e para onde corremos. Não existe como chegarmos ao final da corrida se andarmos dispersos e não estivermos focados no nosso alvo, assim como não ganharemos a luta se não entendermos que nosso mais temido adversário não é o diabo, mas sim o nosso próprio desejo pecaminoso, o eu que existe dentro de nós e que muitas vezes nos afasta de Cristo.
 
No MMA sabemos que os melhores lutadores são contratados por milhares e milhares de dólares pela empresa UFC, por conta disso possuem todo o respaldo e suporte para continuar seus treinamentos. Da mesma maneira nós também podemos ter essa confiança, nosso contrato já foi assinado, e não se trata de dinheiro, Jesus nos comprou com sangue. Com esta certeza podemos continuar firmes na luta, confiantes que mesma que passemos por derrotas, sempre teremos a chance de nos reerguer e continuar lutando, o destino é certo, a vitória final é garantida por Ele.
 
Portanto meus queridos irmãos só compete a nós continuar nesta caminhada enfrentando as lutas, principalmente aquelas que travamos no nosso interior, para nos manter longe daquilo que nos afasta de Deus. Lutando com sabedoria, deixando para trás todo peso e pecados que nos impedem de avançar e com os olhos fitos em Jesus, nosso alvo.
 
Por: Ricardo Rodrigues
Fonte: Sou da Promessa
 

veja também