Criança volta a enxergar após ação de missionários: "Jesus abriu meus olhos"

Lila estava no estágio mais avançado de catarata e estava praticamente cega.

fonte: Guiame, com informações do Hello Christian

Atualizado: Quarta-feira, 11 Outubro de 2017 as 9:50

Lila não cansa de agradecer a Deus e a ação dos missionários. (Foto: Reprodução).
Lila não cansa de agradecer a Deus e a ação dos missionários. (Foto: Reprodução).

Enquanto muitos tiveram uma experiência de ter seus "olhos espirituais” abertos para ver Jesus Cristo, essa garotinha teve sua visão real restaurada de uma quase cegueira total. A linda história de Lourdes "Lila" Iputi, de apenas oito anos, está mostrando a glória de Deus na união de pessoas para ajudar quem precisa.

A menina da Samoa esteve nos EUA durante várias semanas. Ela foi levada de sua nação por missionários. "Eu me ofereci", disse Eva Mulitauaopele, ou "Pele" como ela é conhecida, de acordo com a WTXL, um site da ABC News. "Eu senti que o Senhor estava dizendo: ‘Leve ela com você’. Ninguém mais podia fazer isso. Eu estava disposta a ajudar essa criança", contou.

Pele e seu marido, que são de Samoa (Estado soberano da Polinésia na Oceania, constituído pelas duas ilhas ocidentais das Ilhas Samoa: Savai'i e Upolu), estão envolvidos no trabalho de missão médica na ilha. Eles levaram Lila aos médicos, e ficou claro que ela tinha catarata em estágio final que causava quase uma total cegueira. Os cirurgiões decidiram que era hora de agir.

Ajuda na hora certa

"A conexão da visão do olho com o cérebro se desenvolve até cerca de 10 anos", disse o Dr. Pogrebniak. "E essas células no geniculado lateral, na verdade, desaparecem gradualmente se não forem usadas. Então, era importante levá-la enquanto ela era jovem. Não só pela qualidade de sua vida, mas porque uma vez que ela passe a ver, o aprendizado melhorará, sua compreensão do mundo melhorará", ressaltou.

"Não é apenas sobre mim, nem sequer sobre Lila", disse Pele. "É sobre o que Deus pode fazer quando uma comunidade se junta. Uma comunidade em Samoa e uma comunidade aqui na Carolina do Sul (EUA) se juntaram para ajudar essa linda criança a ver! Não é incrível?", exclamou.

Lila não cansa de agradecer a Deus e a ação dos missionários que não desistiram dela, mas a levaram para realizar o tratamento. "Eu me sinto bonita e legal", disse ela. "Jesus abriu meus olhos", celebrou.

veja também