Criminosos assaltam igreja batista em Niterói e levam cerca de R$ 40 mil

Criminosos assaltam igreja batista em Niterói e levam cerca de R$ 40 mil

Atualizado: Terça-feira, 10 Agosto de 2010 as 3:56

Dois homens armados roubaram o tesoureiro da Primeira Igreja Batista, na Avenida Marquês do Paraná. Dinheiro roubado seria do dízimo arrecadado durante o culto de domingo.

Dois homens armados com pistolas renderam o tesoureiro e roubaram, na manhã de domingo, cerca de R$ 40 mil em dinheiro e cheques do templo da Primeira Igreja Batista de Niterói, na Rua Marquês do Parará, 225, no Centro. O tesoureiro de 49 anos, que é militar, estaria com o dinheiro de dízimos e ofertas recolhido dos fiéis durante o culto, realizado às 10 horas, quando os criminosos, aparentando idades entre 25 e 50 anos, e com feições faciais parecidas, invadiram a igreja pela rampa de acesso e exigiram o montante, mostrando as armas.

Em depoimento na 76ª DP (Centro), onde o caso foi registrado, o tesoureiro teria contado que os bandidos ameaçaram atirar em direção ao interior da igreja caso o dinheiro não fosse entregue. Na ocasião, o templo estaria lotado, pois estava sendo realizado um culto pela passagem do Dia dos Pais.

O titular da distrital, Luis Antônio Businaro, prometeu rigor na apuração do crime, contra uma das mais tradicionais igrejas da cidade.

Pelo celular, o tesoureiro disse à reportagem que estava fora da cidade e que só iria dar declarações sobre o incidente a partir desta quarta-feira, quando retornaria a Niterói. A direção da igreja não se manifestou até o fechamento desta edição.

Em 2005, golpistas sumiram com US$1,6 milhão que seriam investidos no Caminho Niemeyer

Em 2005, na gestão do pastor Nilson Fanini, que presidiu a Igreja Batista de Niterói por 41 anos, US$ 1,6 milhão destinados à construção de uma nova sede da igreja, no Caminho Niemeyer, teriam sido desviados. Uma crise interna se instaurou na igreja e uma comissão foi designada para investigar o caso.

Segundo as investigações da própria igreja, o dinheiro teria sido depositado sem o conhecimento da tesouraria na conta de intermediadores que negociariam um suposto empréstimo internacional para viabilizar a construção do templo. Os intermediários, entretanto, revelaram-se golpistas que desapareceram com o dinheiro.

Assalto

Em setembro de 2008, um culto realizado na Igreja Evangélica Operação Resgate, em Icaraí, na Zona Sul de Niterói, terminou na delegacia. Quatro homens armados invadiram o templo, na Rua Miguel de Frias, 278, e saquearam pelo menos dez fiéis, pouco depois da celebração religiosa. Os ladrões fugiram sem deixar pistas.

Na ocasião, as vítimas contaram que, sob a mira de armas, foram obrigadas a entregar bolsas com pertences, além de dinheiro e joias.

Postado por: Felipe Pinheiro

veja também