Cristão em Bangladesh vai para a prisão por evangelizar

Cristão em Bangladesh vai para a prisão por evangelizar

Atualizado: Quarta-feira, 30 Março de 2011 as 9:39

Um cristão de Bangladesh foi condenado a um ano de prisão por "criar o caos", na venda e distribuição de livros cristãos e outras literaturas perto de um grande encontro de muçulmanos no norte desta capital.

Um magistrado do tribunal no distrito de Gazipur proferiu a sentença para Biplob Marandi, um cristão de 25 anos de idade que foi preso perto do maciço Bishwa Ijtema (Mundo Muçulmano Congregação), nas margens do rio Turag, perto da cidade de Tongi, em 21 de janeiro.

"A polícia disse que Marandi fez tumulto quando ele estava propagando o cristianismo através da distribuição de Bíblias", diz o veredito.

"A acusação contra ele – acerca do caos na reunião de muçulmanos por causa da distribuição de cartilhas e folhetos cristãos – foi lida no tribunal. Ele admitiu à corte que queria propagar o cristianismo.

O pastor Sailence Marandi, da Igreja do Nazareno Internacional no distrito Thakurgaon e irmão mais velho de Biblop Marandi, disse que não houve briga entre seu irmão e a área de muçulmanos, mas alguns podem ter encontrado sua literatura anti-islâmico e criaram o "caos".

Da mesma forma, a sentença não faz menção de qualquer confronto.

"Na cópia do veredicto está escrito que o meu irmão admitiu sua culpa no tribunal. Eu suspeito que sua declaração de confissão possa ter sido feita sob coação," disse o pastor Marandi.

veja também