Cristão recebe Medalha de Honra por salvar mais de 60 vidas na Guerra do Vietnã

Hoje Gary se oferece para ajudar os pobres e deficientes, além de frequentar sua igreja.

fonte: Guiame, com informações da CBN News

Atualizado: Terça-feira, 24 Outubro de 2017 as 1:17

"Você ganhou toda a gratidão da nação", disse Trump. (Foto: Reprodução).
"Você ganhou toda a gratidão da nação", disse Trump. (Foto: Reprodução).

Gary M. Rose é um capitão de exército aposentado. Ele foi premiado com uma Medalha de Honra por arriscar sua vida durante a Guerra do Vietnã para ajudar os outros. "Mike resgatou aqueles que estavam em perigo sem qualquer preocupação por sua própria segurança", disse o presidente Donald Trump.

"Ele correu para o lado dos soldados, expondo-se ao fogo", ressaltou o presidente dos Estados Unidos que honrou Gary por servir no exército americano por 20 anos. Em setembro de 1970, ele era médico e prestava serviços ao 5º Grupo de Forças Especiais. É uma das forças especiais de serviço ativo mais condecoradas nas forças armadas.

A unidade de Gary ficou pegando fogo durante quatro dias na guerra. Ele sozinho tratou cerca de 70 companheiros e às vezes se usava como escudo para proteger seus amigos, ficando gravemente ferido.

Acreditar em Deus

"Ele ajudou os feridos e salvou a vida de seus colegas", disse o presidente Trump. Ele ainda acrescentou algo que foi dito pelo próprio Gary: "Se você não acredita em Deus, você deveria ter estado conosco naquele dia".

O presidente ainda comentou que Gary recusou o tratamento até que todos os seus parceiros fossem atendidos. "Você ganhou toda a gratidão da nação", disse Trump. O ex-médico agora se oferece para ajudar os pobres e deficientes, além de passar tempo em sua igreja. Gary é a segunda pessoa a receber a Medalha de Honra do Presidente Trump.

veja também