Cristãos ajudam a conter surto de cólera em Camboja

Cristãos ajudam a conter surto de cólera em Camboja

Atualizado: Sexta-feira, 23 Julho de 2010 as 10:18

Duas Igrejas e uma organização cristã não-governamental, a Christian ICC trabalham para conter surto de cólera em um distrito do Camboja. A ação é para acabar com uma epidemia na província do Ratanakiri, que resultou em pelo menos 36 mortes desde abril. O centro de saúde estava sobrecarregado com pacientes, no início de julho. Os funcionários manifestaram a necessidade de ajuda de voluntários para proporcionar educação básica de saúde para evitar a propagação da doença. As igrejas no distrito de Ban Lung Ta e de Aung mobilizaram os seus jovens, que foram treinados. Eles realizaram o curso de educação. Após a reunião, a equipe encaminhou 14 voluntários de saúde para uma aldeia vizinha. Cada voluntário recebeu um conjunto de materiais para facilitar o ensino da cólera em áreas periféricas e em aldeias.Em três dias, a equipe atendeu sete aldeias, no distrito de Taveng. Como resultado da cooperação entre a Igreja Ban Lung, a organização Christian ICC e as autoridades de saúde do distrito, o surto em Taveng ficou sob controle. Segundo estatísticas oficiais, houve 96 casos e quatro óbitos registrados em Taveng durante o período de uma semana do surto. A cólera, uma doença altamente contagiosa, provoca vômitos violentos, diarréia e, possivelmente, a morte por desidratação no prazo de quatro horas. Mais de 1.700 casos foram registrados na província de Ratanakiri de abril a começo de julho. A província cambojana viu o seu último surto de cólera grave em 1999, quando 275 pessoas morreram. Naquela época, os cristãos estiveram envolvidos no desenvolvimento de materiais para a educação de como evitar a cólera, tais como imagens e músicas, adequado para uso com os moradores analfabetos tribais. Várias cópias do material foram feitas para o pessoal dos centros de saúde e voluntários da vila.

veja também