Cristãos do Reino Unido participam de campanha de Natal

Cristãos do Reino Unido participam de campanha de Natal

Atualizado: Sexta-feira, 3 Dezembro de 2010 as 8:56

Os cristãos na Grã-Bretanha que participam do projeto "não se envergonhavam" - campanha lançada dia 1º pelo grupo Cristão Preocupados com Nossa Nação (CCFON – sigla em inglês), estão "falando para a base cristã da sociedade" e exortando os líderes políticos a protegerem as raízes cristãs do país.

George Lord Carey, um crítico ferrenho do crescente secularismo da Grã-Bretanha, declarou hoje que o país está cada vez mais envergonhado das origens cristãs do seu patrimônio cultural e disse que seu legado cultural é cristão e está "sob ataque".

"Essa tentativa de extinguir a fé cristã é especialmente evidente na proximidade do Natal", disse ele. Cartões de Natal com foco em Cristo, ou até mesmo com algo relacionado à religião como um anjo, são difíceis de encontrar na maioria das lojas. Peças escolares são despidas de conteúdo cristão, as decorações natalinas e celebrações públicas com foco no nascimento de Jesus são proibidas pelos conselhos locais.

A causa, Lord Carey disse, é "uma combinação de ‘bem-intencionadas’ correções políticas do multiculturalismo e aberta oposição ao cristianismo. Um novo clima, hostil à tradição do nosso país e da história, está se desenvolvendo."

Com esse quadro se perpetuando na Grã-Bretanha, o projeto "não se envergonhavam" pretende ir contra o fluxo mundano que paira no país, fortalecendo aos cristãos e a permanência do legítimo cristianismo no local.

veja também