Cristãos ganham o apoio do bilionário Bill Gates

Cristãos ganham o apoio do bilionário Bill Gates

Atualizado: Segunda-feira, 30 Maio de 2011 as 9:14

Grupos cristãos que lutam para proteger os programas de assistência nacionais e internacionais para os pobres têm um grande aliado, o bilionário da Microsoft, Bill Gates, que está à frente das negociações do G8.

Gates, o fundador da Microsoft e co-presidente da Fundação Bill e Melinda Gates, viajou para a Capitol Hill, terça-feira, para apressar o financiamento de programas que atenuam os impactos da pobreza.

Em seu discurso, Gates pediu aos legisladores para tomarem "coragem" em meio à crise fiscal e investirem mais na agricultura mundial e programa de segurança alimentar. Ele reconheceu a enorme dívida federal, mas disse que isso não deve impedir o governo e os parlamentares de fazerem a coisa certa.

"Nós temos que ver o déficit," afirmou. "Mas a crise financeira deve tornar-se uma crise de coragem - e não deve forçar cortes em programas assistenciais".

Gates elogiou o Congresso por dedicar US$ 100 milhões ao Fundo Global e ao Programa de Segurança Alimentar para ajudar os agricultores pobres no mundo em desenvolvimento.

O gerente de Notícias Internacionais da Visão Mundial, Geraldine Ryerson Cruz, elogiou Gates por espalhar uma "mensagem importante".

A Visão Mundial está frequentando as conversações do G8 na França, para defender a ajuda internacional aos países em desenvolvimento.

No encontro do G8 em 2009, foram prometidos US$ 22 bilhões até 2012 para financiar programas de redução da fome. No entanto, o grupo cristão afirmou que desde o ano passado, não haviam nenhum mecanismo para controlar os fundos.

O diretor de relações governamentais da Visão Mundial, Robert Zachritz, disse em um e-mail que "alguns desses compromissos de financiamento são acompanhados e monitorados, e outros não. A Visão Mundial está pressionando os líderes do G8 e do G20 para uma maior responsabilização e transparência".

Os EUA prometeram investir US$ 3,5 bilhões ao longo de três anos. Mas Zachritz disse que o presidente Barack Obama está tendo problemas para fazer o Congresso financiar este programa do Banco Mundial.

A Associação Nacional de Evangélicos e parceiros de várias outras dominações Cristãs formaram a "Circle of Protection" (Círculo de Proteção) para pedir ao Congresso que mantenha seus compromissos monetários de ajuda aos programas de assistenciais.

Gates trabalha com sua esposa Melinda, para atenuar as disparidades que afligem a maioria dos países em desenvolvimento através de sua Fundação Gates tem se revelado um parceiro dos cristãos.

veja também