Cristãos oram e agem sobre mudanças climáticas

Cristãos oram e agem sobre mudanças climáticas

Atualizado: Quarta-feira, 23 Novembro de 2011 as 11:34

Membros da Comunhão Anglicana Mundial estão convocando os cristãos a orarem antes das negociações climáticas da ONU na próxima semana. Neste domingo, líderes cristãos se reunirão em um comício para orarem pelas negociações.

A 17 ª Conferência das Partes (COP17) trará os governos do mundo para Durban, África do Sul, na próxima segunda-feira por 12 dias de negociações sobre a estratégia global do clima após o Protocolo de Kyoto, que expira no próximo ano.

Conforme o Protocolo de Kyoto, os países industrializados estavam comprometidos a reduzirem suas emissões de carbono para 5% abaixo dos níveis, no período de 1990 até 2012, mas as nações têm se esforçado para entrarem em acordo sobre um segundo período de compromisso.

O pastor Canon Mash, Coordenador Ambiental da Igreja Anglicana da África do Sul e membro da Rede Comunhão Ambiental Anglicana, quer maiores garantias de governos do mundo que vão levar a questão da mudança climática a sério.

"Apesar de 17 anos de negociações para reduzir as emissões responsáveis pelo aquecimento global, as atuais promessas para reduzi-las ao ponto de deixar a Terra entre 2,5 e 4 graus de aquecimento, são amplamente aceitas, mas poderá ser catastrófico", disse ele.

"Há poucos sinais de que as nações do mundo levam verdadeiramente a sério ou estão realmente dispostas a fazerem os cortes de emissões urgentemente necessários”, completa. "Pensar a curto prazo em busca de crescimento econômico está ameaçando as perspectivas de desenvolvimento global humano de longo prazo."

Apesar das inúmeras advertências dos cientistas sobre o risco de atrasar ações sobre a mudança climática, os relatórios de The Guardian que a UE e o Japão entregaram dizem não esperar que um novo acordo entre em vigor antes de 2020.

Dentre os temas que serão abordados na próxima semana estão algumas negociações difíceis entre os países em tecnologia limpa, a proteção das florestas e fundos para ajudar países mais pobres face ao custo de abordar a mudança climática.

Membros da Comunhão Anglicana Mundial estão orando pelo sucesso das negociações de Durban e convidam pessoas para assinarem o 'Temos fé: Aja agora pela justiça climática”, que é uma petição pela renovação do compromisso de combater as alterações climáticas.

Canon Mash disse: "A África será, entre as nações mais afetadas do mundo, ameaçada pela seca sem precedentes, inundações, condições meteorológicas extremas, diminuindo a segurança alimentar, aumentando a pobreza, migração forçada e os conflitos", alerta.

A petição pede a líderes para chegar a um acordo "ambicioso" e juridicamente vinculativo sobre a mudança climática e se comprometer com metas claras para reduzir as emissões de carbono.

A petição pode ser assinada em www.wehavefaithactnow.org .     Via CPAD News

veja também