Cristãos protestam contra ataque de radicais na Índia

Cristãos protestam contra ataque de radicais na Índia

Atualizado: Segunda-feira, 18 Abril de 2011 as 8:27

Grupos cívicos fizeram protestos logo após uma série de ataques contra os cristãos em Karnataka (India).

Os manifestantes se reuniram em frente ao escritório do Distrito Collector's e exigiram uma ação contra as pessoas que ameaçam a harmonia social.

Na semana passada, o militantes atacaram três casas de cristãos em Mangalore. Albergue Ebenezer, ashraya e Caridade Stella Mary's foram atacados sob alegações de conversão e de maus-tratos a crianças.

Apesar das suspeitas de que as acusações são forjadas, o ataque foi realizado por mulheres e funcionários do Departamento de Bem-Estar Infantil, e teve 28 crianças sob custódia, supostamente maltratadas por membros da equipe.

A Associação de Cooperativas cristã de Karnataka condenou o ataque e protestou para exigir a proteção de instituições cristãs e lugares de culto.

Dirigindo-se aos meios de comunicação, a representante da associação, Karnataka Christian, disse que os ataques foram pré-planejados e destinam-se a perturbar a harmonia pública e manchar a imagem da comunidade cristã.

"Serviço Social, caridade e fraternidade são as marcas do cristianismo, que se ocupa em ajudar os pobres e miseráveis que não são atendidos pela sociedade”.

Ela advertiu que, se os ataques a instituições cristãs continuarem os pobres ficarão desamparados.

O encontro com a imprensa foi acompanhado por líderes da Ahinda, Dalit Karnataka Sangarsh Samithi, CITU, Prantha Karnataka Raitha Sangha e Cristo Karnataka União Europeia.

veja também