Cristãos são multados por oferecer literatura evangélica na rua

Cristãos são multados por oferecer literatura evangélica na rua

Atualizado: Quinta-feira, 28 Outubro de 2010 as 8:16

Um cristão no Uzbequistão poderá ser multado por possuir uma cópia do filme Jesus e outros filmes cristãos americanos. Ele evitou uma pena de prisão de 15 dias, mas enfrenta uma multa depois que a polícia secreta invadiu sua casa.

Outros crentes foram multados por oferecer literatura religiosa na rua. Cinco membros de uma congregação Batista também terão que pagar multas, depois de perder sua apelação sobre a decisão.

As multas para o culto religioso não registradas são frequentes. Uzbequistão proíbe a atividade religiosa que não tenha permissão do Estado, apesar de compromissos internacionais em matéria de direitos humanos.

Em 29 de setembro, as autoridades invadiram a casa de Jalalov, sabendo que ele é um pastor evangélico ativo. Eles confiscaram seu passaporte e 75 DVDs e CDs, muitos dos quais eram conteúdos cristãos.

O Comitê de Assuntos Religiosos disse que o filme "JESUS" poderia ser utilizado para proselitismo, e que era contrabando. Autoridades dizem que Jalalov violou o artigo 216-2 do Código Penal, que proíbe a atividade missionária.

O juiz também considerou o ator culpado de violar o artigo 184-2 do Código do Procedimento Administrativo ("armazenamento ilegal, a produção, importação, distribuição de materiais religiosos").

veja também