Cristãos se preparam para orar durante o mês sagrado islâmico

Cristãos se preparam para orar durante o mês sagrado islâmico

Atualizado: Sexta-feira, 13 Agosto de 2010 as 10:07

Pelos próximos 30 dias, muçulmanos de todo o mundo jejuam, oram, fazem caridade, e se esforçam em seguir os ensinos islâmicos. Do amanhecer ao anoitecer, muçulmanos se abstêm de comida, bebida e relações sexuais. Também tentam superar as emoções como raiva, inveja, cobiça, luxúria, sarcasmo, e fofocas em seu esforço de domínio-próprio.

“Eles acreditam que é um tempo de purificação realizado através de boas ações e autocontrole,” declara Christian do ministério Portas Abertas, um dos maiores ministérios que mobilizou muitos cristãos em orações para este mês.

Muitos muçulmanos durante esse período têm visões de Jesus e conduzidos à fé nele, diz o ministro.

 “Por isso é urgente a união dos cristãos durante o ramadã em oração,” afirmou a Portas Abertas.

Para equipar os cristãos para orar pelos muçulmanos, a Portas Abertas Estados Unidos oferece um calendário de oração para o ramadã que tem muitos motivos de orações para ajudar os cristãos a se engajarem pelos muçulmanos do mundo durante 30 dias.

Outra organização também oferece um guia de oração para o Ramad㠖 o mission network news – que é cooperado com worlchristian.com para distribuir cópias da 19ª edição do guia de 30 dias de oração para ajudar os cristãos a orar e construir pontes para os amigos e vizinhos muçulmanos que observam o Ramadã.

A edição 2010 do guia de 30 dias de oração em favor dos muçulmanos contém leituras diárias enfocando diversos temas, grupos de pessoas e áreas geográficas do mundo islâmico, seguido pelos pontos práticos de oração. Ele também apresenta artigos de fundo informativo e recursos para estudos e envolvimento.

"Especialmente no clima de terrorismo islâmico, o guia de oração em favor dos muçulmanos é um instrumento eficaz para ajudar os cristãos a ser mais piedoso e semelhante ao de Cristo", comentou o diretor executivo da MNN Greg Yoder.

Contudo Christian escolheu orar durante o Ramadã, os líderes do ministério estão incentivando-os a tomar medidas para os próximos 30 dias - para os muçulmanos e também para os cristãos em áreas predominantemente muçulmanas. As manifestações violentas contra os cristãos aumentam durante o Ramadã.

“Este é um tempo extraordinário de oração por ambos cristãos e muçulmanos nesses países islâmicos,” diz o Presidente da Portas Abertas Estados Unidos, Carl Moeller. “A temporada do Ramadã dá aos cristãos do ocidente um mês inteiro para focar em oração por essas pessoas.”

De acordo com o Fórum de pesquisa em religião e vida pública, o número de muçulmanos que vivem no mundo de hoje é 1,57 bi. Mais de 60% desse valor está na Ásia e cerca de 20% está no Oriente Médio e Norte da África.

 Postado por: Pollyanna Mattos

veja também