Cristina Mel: "As nossas crianças são de Deus e merecem ser respeitadas"

Cristina Mel: "As nossas crianças são de Deus e merecem ser respeitadas"

Atualizado: Segunda-feira, 6 Julho de 2009 as 12

Por João Neto - www.guiame.com.br

Um grande presente e, ao mesmo tempo, uma grande responsabilidade. Foi com esses dois termos que Cristina Mel definiu os seus ministérios. Mantendo seus dois projetos paralelos - um voltado para crianças e outro para jovens e adultos -, a cantora foi uma das atrações da 4ª Expo Evangélica Fortaleza, nos últimos dias 3 e 4 de julho.

Falando sobre novidades em seu ministério infantil, seu novo CD &&Ame Mesmo Assim&& - para jovens e adultos - e sobre o apoio cedido à campanha &&Todos Contra a Pedofilia&&, Cristina Mel cedeu uma entrevista exclusiva ao Guia-me. A sua satisfação em cantar para as crianças e a chegada recente de sua pequena filha também foram pontos ressaltados pela artista.

Confira abaixo a entrevista na íntegra.

Guia-me: O seu ministério infantil já é bem conhecido. Como você analisa a oportunidade de cantar para tantas crianças que te acompanham sempre?

Cristina Mel: Eu amo falar do amor de Jesus para as Crianças. É a menina dos meus olhos. É um grande presente que Deus me deu e a responsabilidade é imensa, porque desenvolver um caráter de Deus, um caráter cristão nesta geração que está surgindo é muito importante. Parece mesmo que o inferno se levanta com muita força, porque o diabo vem para roubar, matar e destruir. Ele não gosta das crianças e elas são o nosso maior tesouro. Aqui está a geração brasileira de futuros pais, presidentes, professores, adoradores, pastores, missionários. O que nós plantarmos, é o que vamos colher. Essa é a nossa grande responsabilidade.

Guia-me:Você está preparando algum trabalho novo para as crianças neste ano?

Cristina Mel: A novidade é que a MK Music, a nossa atual gravadora está vindo com força total também no ministério infantil. Já estamos com o repertório praticamente fechado e vamos entrar imediatamente em estúdio, para que a gente possa trazer esse CD o mais rápido possível. Já faz quase três anos que a gente não lança nada para os pequeninos e está mais que na hora. As mães e crianças têm pedido isso. Eu estou muito feliz. Com certeza a MK tem essa visão. Nós estamos vendo as roupas e é muito trabalho, mas é muito gostoso também. Eu tenho certeza que o nome do Senhor vai ser exaltado e as crianças serão muito abençoadas.

Guia-me: Percebe-se que as crianças adquirem um forte grau de identificação com você, por assistir aos seus DVD&s e acompanhar os seus trabalhos. Quando elas te encontram em uma oportunidade como esta (na Expo Evangélica), conseguem estabelecer esse vínculo com você ou ficam tímidas por estar com alguém que elas sempre vêem na TV?

Cristina Mel: Elas dizem: &&Você está na minha casa, na minha TV. Como é que você entrou ali?&&; &&Você é de verdade? Eu não sabia que você era de verdade!&& e aí umas já vêem, me beijam e me abraçam; outros são mais tímidos e ficam olhando, porque uma pessoa tão grande e a televisão é tão pequena, fica difícil conciliar; outros vão se soltando aos poucos, mas o importante é que eles são muito sinceros e quando amam, é de verdade. Eles sabem quando são queridos. Então eu louvo a Deus pelas famílias, pelos pais que têm investido no ministério infantil, comprando os CD&s e DVD&s. Pelas igrejas que hoje valorizam o ministério infantil. Há alguns anos, adolescentes e crianças não tinham muito espaço na Igreja. Hoje eles vão à frente, cantam, adoram com danças também e é isso que Deus quer: que eles estejam na casa do &&Papai do Céu&&, na casa de Deus e o perfeito louvor é aquele que sai da boca dos pequeninos. Eu aprendo com eles, todos os dias, a ser cada vez mais simples como o Senhor Jesus é, a ser mais sincera e verdadeira, a amar a Palavra de Deus, a amar a casa do Senhor, a respeitar os amigos, os mais velhos, os pais, porque o segredo do sucesso é honrar pai e mãe, enfim, a confiar em Deus, acima de tudo. Para mim é um privilégio muito grande estar de volta à Expo para poder falar do amor de Jesus para os pequeninos. É muita alegria.

Guia-me: Você apóia o projeto &&Todos Contra a Pedofilia&&, liderado pelo senador Magno Malta. Você vê as suas apresentações para as crianças como oportunidades para alertá-las ou alertar os pais sobre esse perigo?

Cristina Mel: Em todos os lugares que eu vou, quando eu tenho oportunidade, eu lanço esse alerta, ara que os pais façam alguma coisa a respeito, denunciem mesmo. Observem se há alguma mudança de comportamento nas crianças se estão mais agressivos, se estão com mais medo, se não querem ir a determinados lugares ou se só querem ficar com alguém específico. Porque o pedófilo é aquela pessoa acima de qualquer suspeita, muitas vezes dentro da nossa própria casa. A gente não sabe o que vai no coração das pessoas. Então tem que ter muito cuidado com objetos estranhos que elas possam trazer. Muitas vezes a pessoa tenta comprá-las com presentes e as crianças não têm malícia Elas não sabem a diferença entre o carinho e abuso. Elas são puras. Elas não reconhecem quando alguém está se aproveitando delas. Elas não têm maldade. E quando sofrem o abuso, se sentem culpadas, envergonhadas por contar. Elas pensam: &&Puxa vida! Mas ele [pedófilo] me deu um presente! Não! Não pode contar nada para a mamãe!&&. Por isso eu sempre digo: &&Crianças, contem tudo para a mamãe! Vocês são templo do espírito santo! Vocês não podem deixar que te toquem em lugares íntimos. Vocês merecem respeito!&&. Tem que ter muito cuidado com webcam&s usadas na internet, câmeras dentro de quartos de adolescentes, isso é um perigo. Muitas pessoas se aproveitam, vendem as imagens. Há uma máfia muito grande, inclusive internacionalmente. As nossas crianças são de Deus e merecem ser respeitadas. Então nós todos vamos dizer &&Não!&&. Todos contra a pedofilia. Falo também para os pais terem bastante cuidado. Isso [abuso] talvez possa acontecer em uma escola, em um shopping, em um transporte público e, talvez, até mesmo dentro de uma igreja - porque as portas estão abertas e você não sabe quem entra, nem quem sai. Garotos mais velhos, amigos de vizinhos, namorado da mãe, padrasto ou até mesmo o próprio pai, dizendo que foi ele que fez a criança e ele também tem que iniciá-la sexualmente. São coisas absurdas que se ouve e isso é algo ediondo, realmente. Enquanto eu viver, vou lutar contra isso. O senador Magno Malta está de parabéns. Eu sei que no Ceará e em vários outros estados do Brasil, a prostituição infantil é um problema seriíssimo. No rádio, na TV, a gente tem que aproveitar para dar esse alerta aonde for, porque são oportunidades que Deus nos dá. A gente pode evitar muito mal se fizer alguma coisa hoje. Não deixar para fazer amanhã, achando que isso nunca vai acontecer com a gente.

Guia-me: O seu novo CD chama-se &&Ame Mesmo Assim&&. Qual o motivo deste tema?

Cristina Mel: O CD está lindo. Fala de amar incondicionalmente, independente das circunstâncias. Existem pessoas que só se aproximam de Deus quando alcançam o seu milagre. O importante é continuar firme com o Senhor, independente do que venha a acontecer. Eu tenho experimentado isso na minha vida e Deus tem operado um milagre. Hoje eu tenho uma filha linda, que é o presente que Deus me deu e veio do coração dEle.

veja também