Cristo, a LUX da vida

Cristo, a LUX da vida

Atualizado: Quarta-feira, 19 Outubro de 2011 as 10:52

O mercado do luxo está bombando. O crescimento da classe média acabou por aumentar o número de novos ricos. E com dinheiro na mão, já viu, o dito popular que afirma que pobre que nunca come mel, quando come se lambusa, tornou-se mais real que nunca. Restaurantes caros estão sempre lotados, cada vez mais carrões nas ruas, imóveis com preços nas alturas, moda cobrando por qualquer pedaço de pano o olho da cara. E o público para consumir só cresce. É um luxo, dizem.

As extravagâncias parecem não ter limites. Em São Paulo já existem empresas especializadas no exigente mercado de luxo, o que o dinheiro puder comprar elas realizam. Um exemplo recente de uma destas empresas informa que um de seus clientes solicitou que eles conseguissem fechar por um dia a Torre Eiffel em Paris. Para quê? Para ele pedir a mão da namorada em noivado! Atenção, é só para noivar, porque para casar ele deve solicitar o esvaziamento do Pentágono. Um luxo.

Luxo faz parte das palavras que perderam seu nobre significado com o passar dos anos. Luxo vem do latim Lux, que significa Luz. Acreditando que o homem é seu próprio deus, valorizando mais a matéria do que a alma e absolutamente certo que o mesmo nasceu para brilhar na aparência, no status social, nas riquezas conquistadas, enfim, totalmente entregue ao materialismo, fica fácil entender como o ser humano transformou lux em luxo meramente aparente, num brilho tão somente exterior.

Luxo de verdade é ser salvo. Cristo, a lux da vida, é o único que pode conferir brilho para seres humanos que viviam nas trevas. Um especialista do mercado de luxo afirma que a tendência deste público é exigir cada vez mais produtos e peças originais, ou seja, únicos. Pela via errada, a via tão somente material, este especialista só descobriu isso agora. Pela via dolorosa milhares de cristãos no mundo inteiro já descobriram e sentiram isso. Jesus é único e deu sua vida para salvar pessoas únicas, todas diferentes e todas iluminadas pela mesma lux divina. Não resta dúvida, ser salvo é um luxo único, exclusivo, incomparável.

Paz!   Por Edmilson Mendes

fonte: GUIAME.COM.BR   

veja também