Cristo e a cruz

Cristo e a cruz

Atualizado: Segunda-feira, 5 Abril de 2010 as 12

A morte na cruz, amplamente praticada por diversos povos na Antigüidade, é considerada uma das mais dolorosas de todas; essa forma de condenação, dependendo da resistência das vítimas, podia durar dias.

Começando como um símbolo de desprezo, com o passar do tempo a cruz adquiriu grande valor para a piedade, a liturgia e a teologia cristãs. Os atos livres dos homens concorrem de uma forma ou de outra, para a execução do Plano de Deus.  Os homens mataram a Jesus Cristo, entretanto, eles cumpriram livremente a vontade divina.

Autores: O Dr. Rev. Alderi Souza de Matos, doutor em Teologia pela Boston School of Theology, é pastor, escritor e professor no Centro Presbiteriano de Pós-graduação Andrew Jumper. O Dr. Rev. Hermisten Maia Pereira da Costa, mestre e doutor em Ciências da Religião pela Universidade Metodista de São Paulo, é pastor, escritor e professor em diversas instituições de ensino superior.

veja também