Culto dos Príncipes e Princesas é destaque no Fantástico; Confira

Culto dos Príncipes e Princesas é destaque no Fantástico

Atualizado: Segunda-feira, 27 Agosto de 2012 as 8:38

O Culto dos Príncipes e das Princesas têm sido notícia em sites e emissoras frequentemente. Ontem, 26 de agosto, O Fantástico, da Rede Globo, exibiu uma entrevista com Sarah Sheeva, Nãna Shara e Cláudio Brinco, os três responsáveis pelos cultos.

Sarah Sheeva é a idealizadora da idéia e quem comanda o Culto das Princesas, que tem até um grito de guerra: "Eu sou princesa, eu sou princesa, eu sou princesa, fora cachorrada!"

Hoje pastora, Sarah afirma que não é mais estrela como na época em que tinha com as irmãs o grupo SNZ. “Eu tenho no meu primeiro CD uma música chamada eu não sou estrela. E ela fala assim: ‘eu não sou estrela. A única estrela é Jesus’”, conta ela.

Na reportagem também aparece um trecho do último culto dos Príncipes, dirigido por Brinco. “O homem que gosta de mulher, de verdade, quer muito mais do que somente fazer sexo com ela, porque ele gosta do pacote completo”, diz o pastor.

Confira aqui o vídeo da reportagem

Ele, que é casado há 7 anos com Nãna Shara, era do mundão quando a conheceu, mas tudo mudou. “Quando eu conheci a Nana eu era do mundão, posso dizer que eu era da pá virada, cachorrão mesmo, pegava geral. Aí quando eu encontrei a Nana pensei assim: ‘essa vai ser mais uma’. Aí ela falou para mim: ‘comigo não, meu irmão, sexo comigo só depois do casamento'”.

Esse novo comportamento de jovens que escolhem viver no modelo de santidade ensinado nos cultos, é explicado pela antropóloga Cristina Vital. “A juventude hoje em dia, e são varias pesquisas que falam sobre isso, não é só a juventude que está quebrando modelos, é uma juventude que busca segurança. Busca segurança no casamento”, afirma.

Baby do Brasil, mãe das missionárias, também é evangélica e defende a opção de vida que elas escolheram. “Elas são fruto de pais que deram a liberdade para elas fazerem o que elas estão fazendo. Não foi imposto. Elas estão encontrando isso como uma opção de liberdade para elas. Elas estão se sentindo confortáveis nisso. Isso é maravilhoso. Eu mesmo não transo há13 anos. Muito louco”, relata Baby.

Leia também:

Raul Gil Jr.: "O artista gospel não pode ser carne de vaca, ele tem que ser valorizado"

Novo filme de Renato Aragão dirá que Jesus fracassou


com informações do Fantástico

veja também