Culto evangelístico ao ar livre tem curas e batismos, no Canadá

O encontro nos dias 18 e 19 de agosto e contou com apresentações do rapper de Winnipeg Fresh IE e do evangelista Matthew Morton.

fonte: Guiame, com informações da CHVN Radio

Atualizado: Sexta-feira, 21 Agosto de 2020 as 3:08

Evangelismo e batismo em reunião realizada em Manitoba. (Foto: Reprodução / CHVN)
Evangelismo e batismo em reunião realizada em Manitoba. (Foto: Reprodução / CHVN)

Dezenas de pessoas do sul de Manitoba, no Canadá, participaram recentemente de uma reunião de reavivamento em uma tenda montada pela empresária cristã Anna Sawatsky.

Além do evangelismo, o objetivo do encontro foi adorar a Deus por meio de canções e orações, relatam.

O encontro foi feito nos dias 18 e 19 de agosto durante a noite, e contou com apresentações do rapper de Winnipeg Fresh IE (Robert Wilson), e da pregação do evangelista Matthew Morton.

Proprietária de um salão de beleza em Niverville, Anna planejou todo o evento de dois dias e aproveitou a passagem de Morton para ministrar no encontro: “Ele estava descendo por aqui de qualquer maneira. Tudo que eu fiz foi perguntar se ele estava disposto a vir e ele disse 'sim'."

O evento foi realizado no Whitetail Meadow, um celeiro restaurado que costuma receber festas de casamento.

"Deus me mostrou o lugar para fazer o encontro. Eu fui e perguntei se eles podiam alugar a barraca por uma ou duas noites e eles disseram que sim", conta a empresária.

Unidos pelo avivamento

O evangelista Morton mora em British Columbia com sua esposa. Ele tinha ido a Manitoba para uma palestra há cinco anos, quando Sawatsky o ouviu pregar pela primeira vez.

O rapper da Winnipeg Christian, Robert Wilson, disse que "foi um grande evento e você podia ver Deus se movendo".

Ele diz que este foi o primeiro evento ao vivo que realizou desde que a Covid-19 fechou tudo em março. O cantor Jake Albert se juntou a Wilson no palco. "Foi incrível voltar à adoração. Tive de sacudir a poeira", brinca o rapper.

Batismos

Na primeira noite, 60 pessoas compareceram e três foram batizadas. "Uma pessoa planejava ser batizada, mas as outras duas, Deus espontaneamente as levou a serem batizados. Tínhamos um recipiente batismal lá e era simplesmente perfeito", conta Anna.

Os coordenadores pediram a Wilson que compartilhasse seu testemunho além de cantar.

"As pessoas estavam vindo para orar, houve libertação e cura. Diversos testemunhos foram compartilhados", lembra a idealizadora do encontro.

Na segunda noite, mais pessoas compareceram, de acordo com Anna.

A maioria da multidão era formada por pessoas com mais de 50 anos.

"Algumas pessoas vieram até mim e disseram: 'Nunca gostei de rap até hoje.' Eles até compraram alguns CDs. Eu só vim para que Deus seja levantado e as pessoas possam ser libertadas", contou o cantor.

Embora o evento tenha sido originalmente programado para acontecer das 18h às 21h, as pessoas só saíram por volta das 22h30 na segunda noite. Anna diz que isso aconteceu porque "as pessoas estavam sendo libertadas em oração. Elas queriam mais."

Depois do encontro, Anna Sawatsky e o pregador Morton disseram que pretendem fazer outro evento maior na primavera ou verão de 2021.

veja também