Daniel Mastral esclarece boatos sobre teorias da conspiração: “São vãs filosofias”

O escritor incentiva os cristãos a não se preocuparem se o homem realmente foi para a Lua ou se os Illuminati são maiores que a Irmandade, mas sim em ter seu nome no livro da vida.

fonte: Guiame

Atualizado: Quarta-feira, 21 Junho de 2017 as 3:36

Para Daniel Mastral, se preocupar exageradamente com esses assuntos é perda de tempo. (Foto: Reprodução/YouTube)
Para Daniel Mastral, se preocupar exageradamente com esses assuntos é perda de tempo. (Foto: Reprodução/YouTube)

Ao longo dos anos foram surgindo diversas teorias da conspiração, que contrariam a compreensão predominante dos eventos históricos ou de simples fatos cotidianos.

Desde os argumentos que colocam em dúvida a ida do homem à Lua em 20 de julho de 1969 até as possibilidades do planeta Terra possuir um centro oco, centenas de especulações formam a lista de teorias conspiratórias.

Para o escritor Daniel Mastral, um cristão que se preocupa exageradamente com esses assuntos está perdendo tempo. “O que muda sua vida é Cristo, e não saber se o homem pisou na Lua. A Bíblia chama esses debates de vãs filosofias”, disse ele em um vídeo publicado em seu canal no YouTube.

Outra questão frequentemente debatida, segundo Mastral, é se os Illuminati são maiores que a Irmandade ou vice-versa. “Essa disputa de poder parece coisa de criança. Maior é Jesus”, ele afirmou.

“Os sinais ao nosso redor só querem dizer uma coisa: Jesus está voltando. Você não tem que ficar preocupado com os Illuminati, com a Irmandade ou se o presidente de tal país é satanista. Isso não vai mudar sua vida. O que muda a sua vida é você conhecer Jesus em intimidade”, avalia Mastral.

As teorias da conspiração costumam apontar que existe uma previsão do futuro, como o caso da série de animação The Simpsons ter adiantado a vitória do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. “Tenho que admitir que quem faz a elaboração das histórias tem alguma coisa por trás que consegue antever”, observa o escritor.

“Existe realmente um calendário, que é o cronograma da Irmandade, para preparar as plataformas para a vinda do Anticristo. Mas no caso do Trump, eu, particularmente, acredito que ele tem uma equipe de marketing fantástica que quis usar o desenho para fazer uma ação viral”.

Sobre a teoria de diminuição da população mundial, Mastral revela que, de fato, existe um plano da Irmandade para eliminar os focos resistentes. “Eu acredito que através dos rastros químicos eles possam pulverizar doenças e, quem não tiver o chip ou a vacina, morre e o foco de resistência é eliminado. Acredito que o remanescente da Igreja vá embora antes. Fica aqui uma outra galera para a grande tribulação”.

Para Mastral, não adianta um cristão se aprofundar nas teorias conspiratórias e perder tempo falando de coisas que não transformam. “Não fique preocupado se o homem foi para a Lua, se a população vai virar combustível ou se a Terra é oca. Se preocupe em ter o seu nome escrito no livro da vida, porque aquele que não tiver o seu nome escrito, não entrará no céu”.

Confira o vídeo completo:

veja também