De aviões a telões, todos motivados para Impacto Esperança sul-americano

De aviões a telões, todos motivados para Impacto Esperança sul-americano

Atualizado: Quarta-feira, 12 Maio de 2010 as 4:02

Na manhã desta quarta-feira, dia 12, o presidente da Igreja Adventista do Sétimo Dia na América do Sul, pastor Erton Köhler, junto com outros líderes, resolveu conversar com a liderança sul-americana por videoconferência. O objetivo fo saber dos últimos movimentos realizados em prol do Impacto Esperança, mobilização do próximo sábado, dia 15 de maio, quando mais de 30 milhões de revistas sobre o sábado serão distribuídas em oito países.

Os relatos mostram criatividade e dinamismo para que a mensagem sobre a santidade do sábado chegue ao maior número de pessoas possível.

Plasmas gigantes - No Equador, telões de plasma gigantes estrategicamente colocados já divulgam site e informações sobre o projeto Um Dia de Esperança. Além disso, tanto no Equador, quanto na região norte do Peru, muitas pessoas vão literalmente almoçar com a mensagem de esperança sob seus pratos. É que, tanto na União Equatoriana, quanto na União Peruana do Norte, foram confeccionados milhares de papéis do tipo "jogo americano" para ficar embaixo dos pratos e talheres com mensagem personalizada do projeto Um Dia de Esperança.

Mensagem no metrô - Na cidade de São Paulo, os monitores de várias estações do metrô deverão impactar mais de três milhões de pessoas que por lá passam diariamente. A previsão é que a mensagem de um dia de esperança seja visível em mais de 5 mil monitores em locais com tráfego de 109 trens. No Aeroporto de Congonhas, na capital paulista, um dos mais importantes da América do Sul, a maioria dos passageiros receberá, através da Infraero (órgão responsável pelo controle de tráfego aéreo no Brasil), um exemplar da revista missionária.

Foguetório no norte - Na Região Norte, mais especificamente na região sul do Pará, inclusive em cidades como Marabá, um foguetório literalmente vai ocorrer no sábado a partir das 9 horas. Neste horário, os adventistas de toda a região sairão para fazer a entrega das revistas Um Dia de Esperança.

Esperança para atingidos pelo terremoto - No Chile, recentemente afetada por tremores de terra, a meta é oferecer esperança agora e para o futuro. Através de convênio entre a Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais (ADRA) e a Telefónica, serão construídas 55 casas chamadas "meia-água" para os atingidos em cidades como Osorno e Chillán. Nestes e outros locais, haverá entrega, também, dos exemplares da revista Um Dia de Esperança.

Transportando esperança - Os meios de transporte vão auxiliar na transmissão das mensagens do sábado se depender de algumas iniciativas. De avião, por exemplo, há movimentos específicos no Rio de Janeiro e na Bahia em locais litorâneos e turísticos. No Uruguai, a propaganda em 60 ônibus está garantida para a capital, Montevidéu. Além disso, estão previstas ações de propaganda, também, em telões e em paradas de ônibus. Ainda nos terminais de ônibus estarão colportores (vendedores de literatura religiosa) uniformizados e divididos em equipes, da região sul do Brasil, durante todo o sábado, dia 15, entregando revistas missionárias.

Esperança nos semáforos - Na Argentina, mais precisamente em Buenos Aires, a juventude vai mostrar que crê no ensino do sábado de maneira divertida e diferente. Os jovens sairão, em grupos de sete, para fazer uma espécie de representação teatral nos semáforos das principais ruas da capital. Cada um vai exibir o nome de um dia da semana no peito e a evolução dos movimentos vai demonstrar que o sétimo dia, ou seja, o sábado, não é um dia pesado como os outros, mas de descanso.

Postado por: Felipe Pinheiro

veja também