Declarado morto, menino de 13 anos volta à vida: "Não há outra explicação a não ser Deus”

Os médicos disseram que Trenton McKinley nunca sairia do estado vegetativo, mas seu caso surpreendeu a medicina.

fonte: Guiame, com informações do Christian Headlines

Atualizado: Terça-feira, 8 Maio de 2018 as 10:05

Trenton McKinley teve sete fraturas no crânio. (Foto: Reprodução).
Trenton McKinley teve sete fraturas no crânio. (Foto: Reprodução).

Recentemente, a história de um menino de 13 anos que foi declarado morto, mas depois voltou à vida, chamou a atenção de pessoas em todo o mundo. O canal Fox 12 News relatou sobre Trenton McKinley, de Mobile, Alabama (EUA). Ele estava na casa de um amigo andando em um pequeno trailer, ligado a um veículo para crianças. Quando o amigo de Trenton apertou rapidamente os freios, o veículo virou.

Trenton salvou a vida de sua sobrinha de quatro anos, mas ele ficou gravemente ferido. “Eu bati no concreto e o reboque caiu no topo da minha cabeça. Depois disso, não me lembro de nada”, disse Trenton.

Ele foi levado às pressas para o hospital para tratamento médico de emergência e cirurgia, mas os médicos sabiam que seu caso era sombrio. Ele teve sete fraturas no crânio. A mãe de Trenton, Jennifer Reindl, compartilhou sobre esse tempo angustiante.

“Tudo o que vi foi uma maca com os pés para fora. Ele ficou morto por 15 minutos. Quando ele voltou, disseram que meu filho nunca mais seria normal. Eles me disseram que os problemas de oxidação seriam tão ruins para o cérebro dele, que ele ficaria como um vegetal”, comentou.

Depois de vários dias ouvindo que seu filho nunca se recuperaria, os pais de Trenton tomaram uma decisão difícil. Eles assinaram os papéis para doar seus órgãos. "Cinco crianças precisavam de órgãos que combinassem com elas", lembrou Reindl. "Era injusto continuar trazendo-o de volta, porque estava apenas danificando seus órgãos mais e mais".

Recuperação

Mas Deus tinha outros planos para Trenton. Um dia antes dele ser retirado do suporte de vida, o garoto começou a mostrar sinais de recuperação. Ele mesmo compartilhou o que experimentou durante esse tempo.

"Eu estava em um campo aberto, andando", ele disse. "Não há outra explicação, a não ser que foi Deus. Não há outra forma de explicar isso. Até os médicos disseram a mesma coisa", disse ele.

Agora, embora seja um processo lento, Trenton está fazendo progressos milagrosos em direção à recuperação. Ele ainda sofre de dores nos nervos e convulsões, mas sua atitude é positiva, e até brinca com sua equipe médica.

veja também