Deixo-vos a Paz

Deixo-vos a Paz

Fonte: Atualizado: sábado, 31 de maio de 2014 09:17

Deixo-vos a Paz!

“Depois disso olhei, e diante de mim estava uma grande multidão que ninguém podia contar, de todas as nações, tribos, povos e línguas, em pé, diante do trono e do Cordeiro, com vestes brancas e segurando palmas”.(Ap 7:9) – NVI

Mais uma vez um ano chega ao seu final e outro se inicia, contudo, o que eles têm em comum é a velha rotina de rituais e misticismos que se acomodam em nossa própria família sem percebermos.

Um exemplo comum são as vestes novas ou especiais que as pessoas usam nesta data. Sabendo disso, o comércio investe pesado pra vender o máximo possível, principalmente roupas brancas, pois aproveitando as intenções do consumidor, reforça a idéia de que esta cor garantirá paz e tranqüilidade para quem vesti-las na virada do ano.

Será que para conseguir paz devemos usar uma roupa branca nas primeiras horas do ano? Se isso fosse realmente verdade, médicos, enfermeiros, fisioterapeutas, dentistas, etc, seriam exemplos de paz e serenidade, pois vivem pra todo lado vestidos de branco da cabeça aos pés o ano inteiro!

Uma determinada roupa em lugares específicos reflete muitas intenções que queremos exprimir, por exemplo, quando vamos numa entrevista de emprego, num evento especial, numa igreja, num clube, etc, usamos roupas próprias. Mas nos primeiros momentos do ano, porque vestir uma roupa branca então? Que mensagem transmitimos com isso? Se não vestirmos branco não teremos paz por todo o ano?

Antes de responder estas perguntas vamos refletir no texto do evangelista João: “Deixo-lhes a paz; a minha paz lhes dou” (Jo 14: 27).

Reflita sinceramente amada (o), este mundo em que vivemos está cheio de paz? Obviamente, ainda falta muito! Mesmo assim ainda encontramos nesta data muitas pessoas nas praias, parques, ruas e casas vestidas de branco. Isso reflete a insistência de conquistar paz, pois ninguém quer sofrer, chorar de tristeza, passar fome, sede ou insegurança, por isso “acreditam” que começando o ano vestidos de branco estarão evitando o mal em suas vidas.

No entanto, a bíblia nos ensina que “...o mundo inteiro jaz no maligno” (1Jo 5:19) e “...neste mundo vocês terão aflições...” (Jo 17: 33) como obter paz então? Se fôssemos parar por aqui estaríamos perdidos com estas declarações da palavra do próprio Deus, entretanto, há esperança com Jesus Cristo.

Ele deixou paz àqueles que se tornam seus discípulos.

Jesus não deu paz ao mundo, mas a nós para vencermos as tribulações e tentações que nos afligem. Mas a diferença está em Jesus afirmar que Sua paz não é como a do mundo, pois a paz do mundo é mística, ilusória e oculta no momento da aflição, já a que Jesus Cristo dá é eterna e nos ajuda a passar pela aflição.

No texto de Apocalipse o apóstolo João descreve uma grande multidão vestida de branco diante de Deus, ou seja, no céu. Um ancião dialoga com o apóstolo e lhe revela quem está na multidão: “Estes são os que vieram da grande tribulação e lavaram as suas vestes e as alvejaram no sangue do Cordeiro” (Ap 7:14).

Para chegar ao céu a multidão passou por muitas aflições e sofrimentos terrenos, mas tiveram suas vestes lavadas e alvejadas no sangue do Cordeiro, isto é, somente através de Jesus foi possível vestir uma roupa incorruptivelmente branca (Ap 3:5).

Portanto, usar branco na virada do ano não faz mal algum, porém, as roupas que usamos nesta terra não nos garantem uma vida eternamente feliz e muito menos evitam as aflições; o que importa é nossa fé estar firmada “Naquele” que certamente nos dará toda a paz que precisamos e o mal não nos atormentará, seremos prósperos, consolados e nunca mais afligidos, pois estaremos naquela multidão diante da presença gloriosa de nosso Deus e Salvador Jesus Cristo para sempre (Ap 7:15-17). Amém!

Por: Diogo Bardasi

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições