Democratas cristãos protestam contra apelo à conversão ao islão feito por líder líbio

Democratas cristãos protestam contra apelo à conversão ao islão feito por líder líbio

Atualizado: Terça-feira, 31 Agosto de 2010 as 8:31

Após chegar a Roma, Kadhafi discursou sobre o islão para uma audiência de centenas de mulheres italianas no domingo, a quem instou a converterem-se e entregou cópias do Alcorão.

O chefe da União Democrata Cristã, Rocco Buttiglione, comentou, de forma irónica, que, se fosse à Líbia tentar persuadir muçulmanos a converterem-se ao cristianismo, não regressaria inteiro.

Buttiglione disse que estava chocado por o primeiro ministro italiano, Silvio Berlusconi, não ter protestado contra o comportamento de Khadafi.

A Itália pretende consolidar a sua presença significativa nos setores da energia e da construção na Líbia.  

veja também