Depender de Deus - Parte 5 - Coluna Luiz Roberto e Eleni Maciel

Depender de Deus - Parte 5 - Coluna Luiz Roberto e Eleni Maciel

Atualizado: Quarta-feira, 1 Julho de 2009 as 12

Vimos na última mensagem:

- O Pai corrige o filho que ama e quando um filho está fora do caminho, Deus promove uma situação para falar-lhe para livrá-lo das mãos do diabo;

- Deus nos ama e deseja se relacionar conosco;

- Viver em obediência é a base para todo o entendimento;

- Obedecer a Deus resultará numa vida de cheia do temor de Deus e de sabedoria;

- Atentar é dar total atenção à voz de Deus;

- Jesus Cristo nos ensina para colocarmos o reino de Deus em primeiro lugar;

- Depender de Deus é conhecer a Sua vontade e, em obediência, andar Nela;

- A chave para a dependência de Deus é a obediência à Sua voz e à Sua Palavra.

Meu irmão, você acredita que a Bíblia é a vontade e a voz de Deus para os seus filhos? Não estamos falando de placa de igreja, de denominações, de religião, se os homens ministram sobre isso ou sobre aquilo, e se estão certos ou errados. Porque, se olharmos para homens, certamente ficaremos desapontados e nossa fé será enfraquecida. Por quê?

Porque olhando para homens nos desviaremos ou tiraremos o nosso foco que, sempre e em qualquer situação, deve estar fixo no Senhor.

Precisamos com perseverança buscar do Senhor a direção para todas as coisas, para a realização de sonhos, para todos os planos e projetos que pretendemos realizar, sejam eles em sociedade ou não. Não é porque alguma coisa parece ser "boa", à primeira vista, que seja a vontade do Senhor para nós. Mas também temos que considerar o contrário. O que é "ruim" à primeira vista não quer dizer que a bênção de Deus não está ali.

A bíblia nos dá um exemplo desta situação, com uma passagem na vida de Abraão, em Genesis 13 : 7 a 9 "...Houve contenda entre os pastores do gado de Abrão e os pastores do gado de Ló. Nesse tempo os cananeus e os ferezeus habitavam essa terra. Disse Abrão a Ló: Não haja contenda entre mim e ti e entre os meus pastores e os teus pastores, porque somos parentes chegados. Acaso, não está diante de ti toda a terra? Peço-te que te apartes de mim; se fores para a esquerda, irei para a direita; se fores para a direita, irei para a esquerda.".

No texto nós não vemos Abrãao induzindo ou empurrando Ló para qualquer direção só para se livrar dele. Mas, Ló levantou os olhos e admirou as campinas do Jordão, o seu critério foi puramente visual, e Ló foi seduzido pela soberba dos olhos. Porém mais tarde o juízo de Deus destruiu com fogo aquela campina verde e agradável aos olhos.

Mas, por que Abraão confiava na sua decisão? Porque ele estava obedecendo à voz de Deus. Havia uma promessa de bênção para Abraão e quando houve a contenda com o seu sobrinho, ele se separou sem se importar se iria para a direita ou para a esquerda. Abraão sabia que para onde ele fosse, a bênção de Deus estaria com ele. Abraão sabia que tinha a bênção de Deus sobre a sua vida, sobre os seus bens, sobre todos os destinos da sua vida.

É esse tipo de relacionamento que Deus espera que tenhamos com Ele. Saber que em qualquer situação, onde estivermos e o que fizermos, a Sua bênção estará conosco.

Mas veja, não tem problema nenhum entrar em sociedade, fazer negócios, projetos e executar planos. É licito e não temos o porquê de não fazê-lo. Mas, isso não quer dizer que devemos nos apegar e depender de homens. Podemos fazer sociedades, negócios, planos, projetos e ter apoio e aporte financeiro dos homens para realizar as tarefas do dia-a-dia, contudo, a nossa dependência deve estar focada no Senhor.

Isaías 55:9 "Porque, assim como o céu é mais alto do que a terra, assim são os meus caminhos mais altos do que os vossos caminhos, e os meus pensamentos mais altos do que os vossos pensamentos.".

Nem tudo o que agrada aos nossos olhos, e, que nós dá a impressão de ser muitíssimo bom para nossa vida, nem tudo agrada o coração de Deus. Meu irmão, minha irmã lembre-se de 1ª Pedro 5 : 8 "...Sede sóbrios, vigiai. O vosso adversário, o diabo, anda em derredor, rugindo como leão, e procurando a quem possa tragar...".

Jesus nos exorta em Mateus 10:16 "... sede prudentes como as serpentes...".

Pedro diz que o diabo ruge COMO um leão. Mas ele não é um leão. E, Como diz nosso amado pastor Eliezer Rodrigues, "o diabo é um rato com microfone", que vem fazendo muito barulho para nos assustar, nos enganar e nos tirar do foco de Deus. O inimigo tentará bloquear a bênção de chegar até nós e terá êxito se formos vacilantes e principalmente descuidados.

Então, em todas as coisas, em tudo o que pretendemos realizar, nós precisamos atentar aos mínimos detalhes. Precisamos de maneira consciente analisar e avaliar todos os riscos que envolvem a questão para não ser pegos com surpresas desagradáveis, por falta de atenção. É isso que Pedro e Mateus estão dizendo, isso é ser prudente, sóbrio e  vigiar.

Quantas vezes tomamos decisões que deveriam ser bênção, mas temos sérios desgastes?  Abrão foi um exemplo disso, quando não ouviu Deus e levou consigo seu sobrinho Ló. Por isso, e depois da besteira feita meu irmão, não vá dizer para Deus, porque você me deixou cair nessa armadilha? Você sabia, Senhor, que seria ruim para mim. Por que....?

Porque você não me buscou e foi movido pelas emoções e pela cobiça dos olhos. O Senhor vai te responder.

Em todo este texto bíblico nós vemos que Deus deseja abençoar seu povo não só na área espiritual, mas em todas as áreas que dizem respeito ao indivíduo no seu todo, inclusive na realização de projetos. Provérbios 16 : 1 e 2 "Todos os caminhos do homem são limpos aos seus olhos; mas o Senhor pesa os espíritos. Entrega ao Senhor as tuas obras e teus desígnios serão estabelecidos".

Eu realmente não sei porque eu falei tanto da realização de projetos conduzidos única e exclusivamente pelas emoções, cobiça e soberba dos olhos. Mas, Deus usa situações como essa para te alertar e te livrar de algum enrosco.

Meu irmão e minha irmã, confie no Senhor Ele não iria fazer chegar até você essa mensagem, se ele não estivesse cuidando de sua vida. E por isso, por ordem do Senhor vou repetir o texto acima.

Não tem problema nenhum entrar em sociedade, fazer negócios, projetos e executar planos. Mas, isso não quer dizer que devemos nos apegar e depender de homens. Podemos fazer sociedades, negócios, planos, projetos e ter apoio e aporte financeiro dos homens para realizar as tarefas do dia-a-dia, contudo, a nossa TOTAL dependência deve ser do Senhor.Nem tudo o que agrada aos nossos olhos e que parece ser bom para nossa vida, agrada o coração de Deus. Lembre-se de 1ª Pedro 5 : 8 "...Sede sóbrios, vigiai. O vosso adversário, o diabo, anda em derredor, rugindo como leão, e procurando a quem possa tragar...".

Jesus nos exorta em Mateus 10:16 "... sede prudentes como as serpentes...".

Isaías 55:9 "Porque, assim como o céu é mais alto do que a terra, assim são os meus caminhos mais altos do que os vossos caminhos, e os meus pensamentos mais altos do que os vossos pensamentos.".

Deus te abençoe,

Luiz Roberto e Eleni Maciel

Luiz Roberto e Eleni Maciel são diáconos na Igreja Evangélica Verbo da Vida, no bairro do Belém, em São Paulo (SP), liderada pelo pastor Eliezer Rodrigues. São formados pelo Seminário Biblico Verbo da Vida e pelo Centro de Treinamento Bíblico Rhema Brasil.

veja também