Depender de Deus - Parte 6 - Final - Coluna Luiz Roberto e Eleni Maciel

Depender de Deus - Parte 6 - Final - Coluna Luiz Roberto e Eleni Maciel

Atualizado: Sexta-feira, 31 Julho de 2009 as 12

Antes de prosseguirmos em nossa última parte do estudo sobre "Depender de Deus", vamos ver um resumo de tudo o que aprendemos até agora:

- Jesus é a videira e nós, nEle enxertados, somos ramos;

- Deus sustentou seu povo no deserto por 40 anos;

- Sem Jesus nada podemos fazer;

- Em qualquer situação Deus é Deus;

- Fomos feitos por Deus, à Sua imagem e semelhança, Ele nos conhece pelo nome desde o ventre de nossa mãe e somos Seu povo exclusivo;

- No Senhor estão as respostas para as nossas necessidades;

- Deus nos atende quando o buscamos de todo o coração;

- Se fortalecer no Senhor é se apegar a Ele, à Sua Palavra e ao Seu Santo Espírito;

- Não podemos ficar alheios às orientações do Pai, para não estarmos vulneráveis aos ataques do diabo;

- Jesus não disse que nossa vida seria fácil;

- Não devemos andar ansiosos, temos que lançar nosso jugo sobre o Senhor, porque ele tem cuidado de nós e Nele, somente, temos Paz;

- Devemos atentar às palavras do Pai, porque são vida e remédio para nosso corpo;

- Desejamos e podemos ser abençoados, porque essa é a vontade do Pai;

- O Pai corrige o filho que ama, com o fim de que ele amadureça, não sendo menino na fé, e sendo dirigido pelo Espírito Santo em tudo;

- Pelo novo nascimento temos direito a herança e todos os seus benefícios;

- Quando um filho está fora do caminho, Deus promove uma situação para falar-lhe frente à frente, para livrá-lo das mãos do diabo;

- Deus nos ama e deseja se relacionar conosco;

- Viver em obediência é a base para todo o entendimento;

- Obedecer a Deus resultará numa vida de cheia do temor de Deus e de sabedoria;

- As bênçãos nos alcançarão, porque estamos avançando em conhecer e prosseguindo em conhecer ao Senhor;

- Atentar é dar total atenção com os olhos, ouvidos e com a mente à voz de Deus, ou seja, parar tudo para considerar as instruções do Pai;

- Jesus Cristo nos ensina para colocarmos o reino de Deus em primeiro lugar e todas as demais coisas nos serão acrescentadas;

- Depender de Deus é conhecer a Sua vontade e, em obediência, andar Nela;

- A chave para a dependência de Deus é a obediência à Sua voz e à Sua Palavra;

- A Bíblia é a vontade e a voz de Deus para os seus filhos;

- Não podemos colocar nossa fé em homens ou em grandes quantias de dinheiro;

- Nosso foco em qualquer situação deve estar fixo no Senhor;

- Precisamos com perseverança buscar do Senhor a direção para todas as coisas;

- Abraão confiava na sua decisão, porque sabia que para onde ele fosse, a bênção de Deus estaria com ele; e,

- Nem tudo o que nos agrada e parece ser bom, agrada o coração de Deus.

Quando temos a revelação da Palavra do Senhor e descobrimos quem nós somos em Deus, quem Deus é para nós, o que temos e o que podemos em Deus, quando vivemos na Verdade da Palavra do Senhor, isso é o que faz a diferença em nossa vida e vai nos colocar no lugar que Deus tem para nós.

Depender de Deus é isso. É saber que o melhor lugar para você estar é onde Deus está. Tendo uma vida firmada na Palavra de Deus, movendo-se pela Palavra e pelo Espírito Santo de Deus, Mateus 15:5 "Eu sou a videira; vós sois as varas. Quem permanece em mim e eu nele, esse dá muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer".

O melhor lugar para estarmos não é onde ganhamos muito dinheiro, onde tem muita beleza e prosperidade, não é onde tem muita gente bonita e perfumada, não é onde os projetos dão resultados positivos sempre. Não estou dizendo que nesses lugares e nessas situações o Senhor não esteja presente e que não há a benção de Deus ali. Não é isso. E também, não estou dizendo que temos que ser pobres, viver sem dinheiro, sermos miseráveis e viver enfermos ou ser uma lagartixa sem rabo ou uma borboleta sem asas. Claro que não!!!

Deus não se alegra com a pobreza ou com a doença de seus filhos. Deus não prova ninguém colocando enfermidades no povo. Porque se assim fosse, quando Jesus curava as pessoas que íam até Ele, Ele estaria lutando contra o Pai. Como pode Deus colocar enfermidade no povo e Jesus vai e os cura?. Isso não faz sentido e seria rebeldia de Jesus. O que faz sentido, verdadeiramente, é que Deus deseja que sejamos prósperos em todas as coisas. Em Deuteronômio 28 : 1 a 14 o Senhor promete a bênção na nossa família, suprimento de nossas necessidades, a derrota dos nossos adversários e uma vida completa de vitória. Essa é a vontade de Deus para nós. Em João 5:19 "Disse-lhes, pois, Jesus: Em verdade, em verdade vos digo que o Filho de si mesmo nada pode fazer, senão o que vir o Pai fazer; porque tudo quanto ele faz, o Filho o faz igualmente". Jesus viu o Pai fazer isso pelo povo no tempo da Lei, então Ele veio fazer a mesma coisa por nós e trazer a mesma abundância para nós hoje, no tempo da Graça. Por isso, Jesus nos disse que ele veio para que tivéssemos vida e vida em abundância, João 10:10.

O que eu quero dizer, é que o melhor lugar para estarmos é onde o Senhor está conosco. Pode ser em um cesto num rio, e não vai ter jacaré que consiga comer o cesto, pode ser um barraco, este será melhor e mais seguro que muitas casas sem a Paz e sem a Graça, ou numa caverna, numa cela com leões, ou num buraco fundo, ou servindo alguém por muitos anos, ou ficando calado para não perder a bênção do Senhor falando besteiras, que seja comendo arroz e ovo por algum tempo, e com a geladeira tendo somente garrafa de água, que seja numa aldeia, ou num lugar distante que nunca imaginamos estar, o melhor lugar para estarmos é onde o Senhor está conosco e a nossa dependência é total Nele.

Finalizando este estudo, quero dizer que os discípulos, antes de conhecerem Jesus, eram pessoas comuns e viviam suas vidas de maneira natural, trabalhavam, pensavam no futuro e faziam planos. Mas, quando Jesus apareceu na vida deles, algo mudou e seus pensamentos passaram a ser outros. Vamos seguir Jesus e aprender com Ele, o que temos para fazer.  

Não é por nosso nível de instrução, posição social ou financeira, ou por nossa força de vontade ou esforço físico, que iremos obter resultados na obra do Senhor. Não devemos nos firmar nisso. Nossa confiança e dependência têm que ser total no Senhor.

Finalizando, vamos ver alguns exemplos de homens de que dependeram de Deus para agir.

2 Samuel 5:17 a 25.

Os mesmos inimigos, a mesma situação, os mesmos guerreiros e praticamente no mesmo lugar. Davi poderia sair para lutar contra os inimigos, usando a experiência da batalha anterior. Mas, Davi busca a direção do Senhor nas duas batalhas. Ele não se firmou no seu próprio conhecimento e entendimento, mas buscou a vontade e direção do senhor.

Mateus 14 mostra a 1ª multiplicação de pães, e aprendemos que quando tivermos nas mãos um problema que para nós é grande demais, vamos nos quebrantar na presença do Senhor, a Palavra nos garante que um coração quebrantado e contrito o Senhor não despreza (Salmos 51:17) vamos deixar o problema nas mãos do Senhor, e o resultado será que muitas pessoas serão abençoadas com aquilo que pensávamos ser um problema para nós.

Em João 21:3 temos o exemplo de pessoas frustradas por confiar em suas próprias forças, os discípulos saíram para pescar e durante a noite toda não pegar nenhum peixe. E em João 21:6 temos o exemplo de prosperidade por ouvirmos, entendermos e obedecermos a voz do Senhor, quando Jesus disse aos discípulos para lançarem a rede à direita do barco.

Vamos aprender a Depender de Deus e nos preparar para as maravilhas que Ele vai fazer.

Deus te abençoe,

Luiz Roberto e Eleni Maciel

Luiz Roberto e Eleni Maciel são diáconos na Igreja Evangélica Verbo da Vida, no bairro do Belém, em São Paulo (SP), liderada pelo pastor Eliezer Rodrigues. São formados pelo Seminário Biblico Verbo da Vida e pelo Centro de Treinamento Bíblico Rhema Brasil.

veja também