Depois de um ano,pastor lança livro sobre mineiros soterrados no Chile

Depois de um ano,pastor lança livro sobre mineiros soterrados no Chile

Atualizado: Sexta-feira, 14 Outubro de 2011 as 9:20

Hoje completa um ano que os 33 mineiros chilenos foram resgatados depois de 69 dias soterrados dentro da mina San José, localizada no deserto do Atacama a 700 metros abaixo da terra. Entre os emocionantes relatos dessa história estão os relatos feitos por um pastor que acompanhou as famílias durante todo o período.

Carlos Parra Díaz resolveu transformar esses relatos em um livro que foi lançado recentemente com o nome de “Acampamento Esperança”, o mesmo nome do movimento evangélico que ofereceu apoio espiritual às famílias dos trabalhadores soterrados.

“É difícil negar que a oração, a fé e a intervenção divina exerceram um papel tão importante na sobrevivência e no salvamento dos 33 mineiros soterrados quanto a extraordinária habilidade científica dos técnicos e a implacável determinação das equipes de resgates”, ressalta o pastor.

No livro é possível encontrar partes dessa surpreendente história de resgate que a imprensa não noticiou que eram as dificuldades da equipe de resgate e a esperança das famílias. “Muitas pessoas não se limitavam a acompanhar o noticiário; elas também oravam. E suas orações foram ouvidas”, diz Carlos Parra Díaz que enxergou a presença divina naquela mina durante os 69 dias sustentando aqueles homens com força.

Diáz foi quem enviou uma Bíblia para dentro da mina para que os mineiros não perdessem a fé enquanto aguardavam a equipe do resgate. “Estamos, de fato, em 34 aqui, pois Deus nunca nos abandonou”, declarou um dos mineiros logo após ter restabelecido o contato com a superfície.

veja também