Deputado estadual quer processar a Globo por beijo gay em novela

Deputado estadual baiano quer processar Rede Globo por beijo gay em novela

Atualizado: Quarta-feira, 5 Fevereiro de 2014 as 12:25

Deputado estadual baiano quer processar Rede Globo por beijo gay em novelaExibido na última sexta-feira, 31/01, o final da novela das 21h "Amor à Vida" gerou polêmica ao exibir o primeiro beijo gay em horário nobre da televisão brasileira. Cristãos e pessoas de outras linhas de pensamento têm expressado sua indignação com o fato. Entre estes está o pastor e deputado estadual Paulo Isidorio (PSC - BA), que afirmou querer processar a emissora por exibir tal cena.
 
O parlamentar afirmou o processo em sua página oficial do Facebook, acusando a emissora de "atentado violento ao pudor".
 
Ao citar outros motivos que o levaram a querer processar a Rede Globo, o pastor destacou que a conduta da emissora  fere princípios cristãos e da família.
 
"As insistentes cenas de sexo, beijos entre homossexuais, traições conjugais, homicídios, tentativas de homicídios, assédio moral, humilhação, dentre muitas outras, nas novelas da Rede Globo que, de maneira tendenciosa, atentam contra os bons costumes, com a finalidade de promiscuir e assim destruir as famílias tradicionais cristãs", destacou.
 
Na última terça-feira, 04/02, o pastor e deputado do PSC - BA deu entrada em uma moção de repúdio, na Assembleia Legislativa. No texto, o parlamentar afirma defender as famílias cristãs.
 
"Venho demonstrar, em nome das Famílias Cristãs do nosso Estado e de nossa Nação, meu repúdio a cenas que estimulam, de maneira acintosa, a violência, e buscam destruir conceitos éticos, morais e religiosos das famílias brasileiras e da sociedade", disse.
 
Contextualização
Além de Paulo Isidório, outros representantes cristãos, como Marco Feliciano e Marisa Lobo expressaram suas opiniões a respeito do fato. Confira, clicando aqui.
 
Com informações do Diário24h

veja também