Deputado faz pronunciamento em apoio a Psicóloga Cristã

Deputado faz pronunciamento em apoio a Psicóloga Cristã

Atualizado: Quarta-feira, 31 Agosto de 2011 as 6:18

  Em pronunciamento na tribuna da câmara dos Deputados em Brasília, o deputado federal Marco Feliciano mostrou preocupação quanto ao posicionamento do Conselho Federal de Psicologia em relação ao “kit gay”.

Também apoiou a psicóloga Dra. Marisa Lobo, em sua luta por maior transparência e imparcialidade do CFP.     Confira na íntegra o pronunciamento do Deputado Federal Pr Marco Feliciano:                                                                                         Pronunciamento realizado pelo Deputado Pr. Marco Feliciano- PSC/SP, na Sessão da Câmara dos Deputados em 31/08/2011 – Conselho de Psicologia.

Senhor Presidente,

Senhoras e Senhores Deputados.

                        Uso desta tribuna, em apoio a Dra. Marisa Lobo, psicóloga, e grande parte dos psicólogos em atividade no nosso País, registrados no Conselho Federal de Psicologia, que estão indignados com a postura de seu órgão representativo perante a opinião pública e a imprensa, pois em passeata e de forma pessoal induzindo a população e os profissionais da área a se posicionarem a favor do chamado Kit Gay e questionando o governo sobre a suspensão do mesmo. Psicólogos de todos os Conselhos Regionais estão questionando a posição do Conselho Federal por não terem sido consultados e também por não apoiarem o conteúdo deste Kit Gay, chamado por eles de “Projeto Escola Sem Homofobia”, por ser material muito sexualizado, impróprio expondo assim crianças a uma sexualidade precoce, causando sérios problemas de desenvolvimento psicossocial.   O código de ética do psicólogo diz no seu artigo 2º: Ao psicólogo é vedado, induzir a convicções políticas, filosóficas, morais, ideológicas, religiosas, de orientação sexual ou a qualquer tipo de preconceito, quando do exercício de suas funções profissionais.

                        O que causou espanto aos psicólogos de todo o Brasil, não contentes com a posição do seu Conselho Federal foi à matéria de capa do jornal oficial do Conselho com fotos de participantes da passeata a favor do Kit Gay, firmando com isso a posição de alguns, como sendo a da maioria. A psicóloga Drª Marisa Lobo reitera que o Conselho, como um todo, a partir do momento que resolva firmar posição em matéria de interesse público de tal magnitude, deve preliminarmente consultar suas bases nos conselhos estaduais para que o processo seja além de democrático também inquestionável.

                        Nesta Casa de Leis, estamos atentos a qualquer manifestação classista que venha a ser manipulado por pessoas, no sentido de realmente bem representar o povo que nos confiou tal mandato.

                        Sempre à disposição de qualquer grupo de pessoas ou entidades que se sintam prejudicados, na sua real representatividade.

Muito Obrigado!

veja também