Deputado pastor compara crise da AL à Igreja Católica

Deputado pastor compara crise da AL à Igreja Católica

Atualizado: Terça-feira, 20 Abril de 2010 as 12

No title O deputado estadual e pastor evangélico Edson Praczyk (PR) defendeu ontem, dia 19,  na tribuna o presidente da Assembleia Legislativa, Nelson Justus. Ele comparou a crise enfrentada pela Casa com as denúncias contra a Igreja Católica, por causa dos casos de pedofilia envolvendo padres. "Todos os jornais falam dos escândalos envolvendo sacerdotes em pedofilia. Hoje o clero está sob investigação e eu não vejo ninguém pedindo o afastamento do Papa [Bento XVI], por exemplo. Então por que dois pesos e duas medidas?".

A manifestação de Praczyk foi uma resposta ao posicionamento da bancada do PPS. "Respeito, mas sou completamente contra. E não porque faço parte da Mesa Diretora. Até coloco a quinta-secretaria à disposição do bloco parlamentar que faço parte", disse. Para ele, o alto comando da Assembleia não está dificultando as investigações, "o que seria o único argumento que justificaria a renúncia integral da Mesa".

veja também