Descontente, bispo anglicano deixa denominação

Descontente, bispo anglicano deixa denominação

Atualizado: Quinta-feira, 21 Outubro de 2010 as 4:36

Surgiu esta semana a notícia de que o bispo John Broadhurst, de Fulham, vai renunciar ao seu cargo na Igreja Anglicana e formalizar o pedido para entrar num futuro ordinariato a ser criado no Reino Unido.

Um ano depois de Bento XVI ter anunciado a criação de ordinariatos pessoais para acolher comunidades de anglicanos que queiram entrar em comunhão com Roma, surgem assim as primeiras movimentações nesse sentido no Reino Unido.

A constituição apostólica Anglicanorum Coetibus surgiu como resposta ao pedido de vários grupos de anglicanos, descontentes com o Estado da sua própria comunhão, cuja teologia e prática pastoral se tem tornado muito liberal, sobretudo nos países de cultura ocidental.

Mais especificamente foi um pedido da Comunhão Anglicana Tradicional, que conta com cerca de 400 mil membros e que já se tinha separado da Comunhão Anglicana, que desencadeou o processo, mas imediatamente as atenções viraram-se para a Comunhão Anglicana propriamente dita, para ver de que forma seria afectada.

Broadhurst é uma das figuras de proa do movimento conservador na Igreja Anglicana, e preside ao movimento Forward in Faith, que reúne bispos, padres e leigos que se opõem à ordenação de mulheres para o sacerdócio e para o episcopado.

O anúncio foi feito durante um encontro desse movimento e foi recebido com uma grande ovação por parte dos presentes.

Broadhurst torna-se assim o primeiro bispo a confirmar o seu desejo de se tornar católico. Contudo, especula-se que pelo menos mais dois bispos deverão seguir o seu exemplo, nomeadamente Andrew Burnham, de Ebbsfleet, e Keith Newton de Richborough.

Bispos casados perdem estatuto

Aquando da visita de Bento XVI ao Reino Unido o bispo John Broadhurst concedeu uma entrevista à Renascença na qual afirmou que não tomaria qualquer decisão enquanto o Papa estava no país. Contudo, afirmou: "sei bem em que campo estou", quando lhe foi perguntado se já tinha tomado uma decisão definitiva.

O actual bispo John Broadhurst deixará de o ser, contudo, quando se tornar oficial a sua recepção na Igreja Católica. Embora esteja disposta a ordenar homens casados em situações especiais, a Igreja Católica não reconhece bispos casados, pelo que candidatos como Broadhurst serão ordenados para o sacerdócio.

Contudo, em reconhecimento da sua posição e estatuto, será permitido nalguns casos a utilização de insígnias episcopais. John Broadhurst é casado há 45 anos e tem quatro filhos.

veja também