Despertar começa com desafio a jovens batistas

Despertar começa com desafio a jovens batistas

Atualizado: Quinta-feira, 21 Julho de 2011 as 10:39

Começou nesta quarta-feira o Despertar 2011, evento promovido pela Juventude Batista Brasileira com o intuito de desafiar e edificar os jovens e adolescentes batistas de todas as partes do Brasil.

Nesta oportunidade o evento, que tem como tema “Deixe sua marca”, acontece no templo da Primeira Igreja Batista de Curitiba (PR).

Após um momento de intercessão pela programação, a primeira celebração começou com a exibição de um vídeo que abordou o tema do Despertar. Além disso, os presentes foram desafiados a se comprometerem a deixar a marca de Cristo através de uma encenação.

Começou então então um animado momento de louvor e adoração no qual os presentes puderam expressar toda a sua gratidão a Deus e a alegria por participarem deste encontro.

Após este momento inicial o presidente da Convenção Batista Paranaense, pastor Roberto Silvado, deu as boas-vindas aos participantes do Despertar: “Que alegria ter vocês aqui. A minha oração é que, ao participarem deste congresso, vocês sejam marcados pelo próprio Deus. E que a vida de vocês seja transformada pelo poder do Espírito Santo. E quem é marcado por Deus começa a marcar outras vidas pelo próprio poder de Deus”. Depois ele conduziu um momento de oração em favor de cada participante ali presente.

Depois o diretor executivo da Convenção Batista Brasileira (CBB), pastor Sócrates Oliveira de Souza, convidou os líderes batistas presentes para irem à frente. Entre eles estavam o presidente da CBB, pastor Paschoal Piragine Júnior, o diretor executivo da Junta de Missões Nacionais, pastor Fernando Brandão, o diretor executivo da Junta de Missões Mundiais, João Marcos Barreto Soares, o diretor geral do Seminário do Sul, pastor Davidson Freitas, o diretor geral do Seminário do Norte, Lyncoln Araújo, e a diretora executiva da Juventude Batista Brasileira, Gilciane Abreu.

O pastor Sócrates afirmou então: “Nós acreditamos que vocês não são o futuro das igrejas, dos batistas, mas são o presente. A Juventude Batista Brasileira tem um lugar muito especial no coração e nos sonhos da CBB. E não queremos que estes sonhos fiquem apenas em sonhos, mas se tornem realidade”.

Logo depois o presidente da CBB se pronunciou: “Como pastor desta igreja quero dizer que vocês são bem-vindos. E como presidente da CBB quero dizer que quando olho para vocês fico pensando para quem vamos passar o bastão. E fico feliz em ver uma juventude como a nossa. Louvado seja Deus pela vida de vocês”.

Os presentes foram então desafiados pelos executivos da juntas missionárias a dedicarem suas vidas para deixarem a marca de Cristo na sociedade contemporânea.

Logo depois aconteceu mais um momento de adoração e louvor com o intuito de preparar os jovens para a mensagem da noite, que ficou a cargo do pastor Ulisses Oyarzún, da Guatemala, que, apesar de não saber falar português, demonstrou uma grande capacidade de comunicação, além de um carisma que conquistou o público.

Nesta oportunidade ele falou sobre o tema “você nasceu original, não morra sendo cópia", baseado no texto de 1 Samuel 17.45. Este texto fala da história de vida do rei Davi, especificamente do combate de Davi com o gigante Golias.

Tendo como base este texto o pastor Ulisses afirmou que, ao invés de confiar em sua própria capacidade e de dar ouvidos à opinião dos outros, Davi escolheu usar 5 pedras para enfrentar seu desafio: A pedra da originalidade, a da estratégia, a da responsabilidade, a da experiência com Deus e a da humildade.

Segundo o pregador, isto é que permitiu que Davi pudesse servir a Deus naquela oportunidade, e que exaltasse o nome do Senhor. Contudo, ele afirmou que esta é uma característica rara nos dias de hoje, pois, “se hoje tivéssemos nas igrejas lideranças dispostas a servir e não a brilhar, o mundo seria diferente”.

Assim, o pastor Ulisses afirmou que, se os jovens batistas brasileiros realmente desejam deixar a marca de Cristo, é necessário assumir as cinco atitudes de Davi.

veja também