Detentos são batizados nas águas em presídio de São Paulo

Detentos são batizados nas águas em presídio de São Paulo

Atualizado: Quarta-feira, 31 Agosto de 2011 as 10:53

Uma enorme paz interior. Esta foi a sensação experimentada por 80 encarcerados do Centro de Detenção Provisória (CDP) de Pinheiros III, localizado no bairro de Pinheiros, em São Paulo, que possui cerca de 1,5 mil presos. Eles foram batizados nas águas e decidiram trilhar uma nova história de vida, sendo que, agora, ao lado do Senhor Jesus. Todos receberam uma Bíblia.

O grupo de membros, obreiros e pastores, que realiza trabalhos de evangelização há mais de 3 anos na instituição, distribuiu um total de 200 Bíblias aos presos, para que possam conhecer o Evangelho e estar mais próximos de Deus.

No evento, o pastor Afonso da Silva, responsável pelo trabalho de evangelização da IURD nas unidades prisionais do Estado de São Paulo – que, inclusive, realizou o batismo dos detentos –, frisou que, para Deus realmente mudar a vida de uma pessoa, é preciso sinceridade: “Não adianta ser sincero com o pastor, obreiro ou advogado, se não for sincero com o Senhor. De nada vai adiantar entrar nas águas para viver a mesma vida de antes, cometer os mesmos erros e praticar atos iguais que fizeram com que chegasse à situação em que está hoje.”

O pastor fez questão de salientar que a sinceridade diante de Deus é o que mais importa. “Ela nos dá o privilégio de sermos perdoados para que possamos começar uma nova vida com o Senhor Jesus.”

Para reforçar o trabalho de evangelização e aproximar os familiares dos detentos por meio de mensagens, a Igreja Universal apresenta o programa “Momento do Presidiário”, transmitido diariamente das 20h às 21h para todo o estado de São Paulo, pela rádio “99,3 FM” e afiliadas que compõem a “Rede Aleluia”.    

veja também