"Deus entende seu sofrimento" diz Franklin Graham aos haitianos

"Deus entende seu sofrimento" diz Franklin Graham aos haitianos

Atualizado: Terça-feira, 11 Janeiro de 2011 as 8:18

Franklin Graham pregou o Evangelho de Cristo para os sobreviventes do terremoto no Haiti neste domingo (9), oferecendo esperança e compaixão para dezenas de milhares de pessoas que sofreram devastação e morte durante o ano passado. "Nós oramos por você. Oramos para que Deus te cubra com a sua misericórdia", disse Graham, falando no Estádio Nacional de futebol, em Porto Príncipe.

O Festival da Esperança foi o primeiro grande evento evangelístico de Graham no Haiti.

Graham, que dirige a “Associação Evangelística Billy Graham” e o ministério de ajuda humanitária “Bolsa Samaritana”, fez sua última visita ao país no mês passado, quando ele e a ex-governadora do Alasca, Sarah Palin, entregaram presentes de Natal às crianças.

Com a marca de um ano do terremoto se aproximando, Graham pediu pelos que perderam familiares ou entes queridos no terremoto. Ele lhes disse: "Deus entende o seu sofrimento. Ele viu seu único filho morrer pelos nossos pecados. Isso mostra o quanto Deus ama você", disse ele.

O evangelista passou a pregar uma mensagem de esperança que é encontrada somente em Cristo, baseada no texto de João 3:16.

"Deus amou o Haiti de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que se o Haiti crê nele, não pereça, mas tenha a vida eterna", disse Graham.

O evangelista ensinou sobre a criação, pecado, julgamento e salvação, e comparou o pecado a uma epidemia como o recente surto de cólera no país.

"A cólera chegou em seu país e infectou o seu povo. Muitos morreram e muitos estão doentes. Já o pecado não tem afetado só vocês, mas toda a raça humana. Toda a humanidade foi infectada e está sob a sentença de morte", explicou o pastor .

"Mas se você está disposto a receber a Cristo hoje, pela fé, Deus vai te perdoar e purificar de seus pecados", continuou ele.

"Você vai se entregar a Ele hoje?"

Centenas vieram à frente do palco e responderam ao convite de receber a Cristo como Salvador e Senhor. Voluntários distribuíram folhetos evangelísticos e oraram junto com eles.

Milhares de pessoas no Haiti e em todo o mundo também ouviram o evento através da rádio e transmissão ao vivo.

O festival foi organizado pela Associação Evangelística Billy Graham em resposta ao convite que 75 pastores haitianos fizeram a Franklin Graham para vir falar. Cerca de 500 igrejas locais, representando 93 denominações em todo o Haiti se uniram para realizar o evento.

Antes de Graham subir ao palco, músicas de artistas como Michael W. Smith conduziram o povo em adoração.

O rapper cristão Lecrae Moore apresentou uma canção de hip hop inspirada em sua visita ao Haiti em fevereiro. Ele também deu seu testemunho pessoal sobre como se tornar um cristão mudou sua vida.

Smith e Lecrae contribuíram para "Healing4Haiti", uma compilação lançada pela Integrity Music, cujos lucros beneficiaram os sobreviventes do terremoto no Haiti. Smith co-escreveu a canção "Come Together Now", juntamente com David Mullen e Morgan Cindy.

A equipe de adoração do Haiti também conduziu a platéia em louvor, cantado tanto em crioulo como em Inglês.

Um dia antes do festival, Graham visitou vários programas, incluindo centro de tratamento de cólera, abrigos e projetos de água potável.

A organização ofereceu tratamento médico a mais de 7.500 pacientes desde a epidemia de cólera que assolou o país em outubro passado. As equipes também criaram mais de 10.000 abrigos temporários, forneceram 36 filtros de água às comunidades, 10.000 litros de água potável por dia e distribuíram cerca de 9.000 toneladas de alimentos. Além disso, pelo menos 1.000 haitianos receberam emprego juntando-se como funcionários da Bolsa Samaritana.

A AEBG também está se preparando para lançar o projeto evangelístico “Minha Esperança” em julho de 2011, que proporcionará programação cristã traduzida aos telespectadores do Haiti.

Haitianos vão realizar um Dia Nacional de Oração e Jejum em 12 de janeiro, em lembrança do aniversário de um ano do terremoto.

veja também