"Deus nos abre a porta do impossível", diz apóstolo Estevan Hernandes

"Deus nos abre a porta do impossível", diz apóstolo Estevan Hernandes

Atualizado: Quarta-feira, 20 Outubro de 2010 as 3:21

Na abertura do jejum das portas de Pedro, que aconteceu na noite de sábado, dia 9 de outubro, o apóstolo Estevam Hernandes ministrou sobre as portas impossíveis que se abrirão para o povo de Deus. “Existem portas que são portas impossíveis de serem conquistadas com a força humana, que é a força da carne. Mas para Deus, nada é impossível”, afirmou.

Baseado no exemplo de Neemias (2.11-20), ele falou de como aquele homem se deparou com uma situação desoladora e horrível e conseguiu vencer. “As portas estavam queimadas e os muros caídos. Ninguém poderia imaginar que Deus iria fazer algo. Às vezes nos deparamos com situações impossíveis, mas aí então começa a ação do Deus sobrenatural.”

  Veja a seguir o que Neemias enfrentou e que nós também temos que enfrentar:

  1. Enxerga a miséria e a vergonha. “Neemias Vê um estado desesperador. Vê aquela vergonha e opróbrio, uma vergonha contínua. Ele via o povo acomodado. E uma das grande estratégias do diabo é fazer com que o homem se acomode à miséria. Mas Neemias começa a ser incentivado a levar aquele povo para viver uma nova postura. No lugar da vergonha, Deus quer nos dar dupla honra. Talvez o inimigo tenha diga que é impossível, mas Deus está agindo, então espere no Senhor. Espere em Deus, pois ainda o louvaremos pela grande obra que Ele vai fazer.”

  2. A oposição. “Neemias ficou em Jerusalém por três dias e se deparou com três inimigos terríveis: Sambalá, Tobias e Gesém. Eles eram estrangeiros e se imaginavam como donos daquela situação. Eles não queriam que a obra fosse feita. E uma oposição violenta se levantou. Quando nos levantamos para jejuar, Satanás se levanta. Só que estamos debaixo da Palavra de João 4.4 (Maior é aquele que está em nós do que aquele que está no mundo). O Senhor é quem nos enviou, quem está do nosso lado. A oposição não pode nos desanimar, nos fazer retroceder. A dificuldade não pode fazer com que venhamos atribuir à luta que estamos passando a Deus. O diabo quer nos tirar do campo de batalha. Somos uma pedra no sapato de Satanás. Mas não vamos parar porque sabemos em quem temos crido.”

  3. Desprezo e perseguição. “ Muito embora sendo desprezado e perseguido, a boa mão do Senhor iria mudar aquela situação. Pode mudar o cenário horrível que o diabo tem colocado em nossas vidas porque a boa mão do Senhor é conosco. Nós vamos viver um novo tempo. O povo se dispôs a fazer a obra. Se entendermos que a boa mão do Senhor é conosco, vamos viver o sobrenatural.”

  O apóstolo disse ainda que Neemias foi o único homem levantado para entender que Deus faria o sobrenatural. “Deus vai colocar diante de nós o impossível. O Senhor está movendo as águas para que o sobrenatural aconteça. Vamos viver um tempo novo do Senhor.”

  Aí recebemos o que o Senhor deu a Pedro:

  - Autoridade para abrir as portas do impossível (Mt 16.18-19): “ Deus está nos dando autoridade. Neemias tinha esta autoridade. Deus o enviou a Jerusalém para levar aquele povo a viver milagres. Deus hoje está nos dando as chaves do Senhor Jesus. A chave que Pedro recebeu não era só dele, era para a Igreja. Vamos declarar que temos autoridade para abrir portas, ver a glória do Senhor, para ser restaurado e restituído. O Senhor nos entrega as chaves do impossível. A autoridade da Igreja é contra o impossível. O Senhor vai mudar a nossa postura e comportamento diante da luta. Deus tem para nós um posicionamento de guerra.”  

- A entrada pelas portas dos impossíveis (At 12.10): “ Muitos passaram por Jerusalém e viram que não havia possibilidade de mudar aquela condição. Mas Neemias foi lá e declarou que aquelas portas iriam ser restauradas.  Neemias não contou para ninguém, mas em seu espírito tinha certeza daquilo que Deus ia fazer. Da mesma forma, as portas se abriram automaticamente para Pedro. Agora era a parte de Deus agir. O Senhor disse em Isaías que quebra os ferrolhos e tira do nosso caminho aqueles que se levantam contra nós. Basta que continuemos em sua presença. João 14:6. Jesus é o caminho e não estamos andando num caminho de derrota. Somos filhos do Deus vivo, aqueles que têm autoridade do Senhor.”

  - A última etapa era uma porta de ferro fechada (Êxodo 14). “A ordem o Senhor para Moisés era para dizer ao povo que marchasse. Vamos marchar e a porta vai se abrir automaticamente. E quando essa porta se abre teremos acesso às promessas superiores.  Vamos ultrapassar essa porta porque o Senhor é o Deus dos impossíveis. Estamos debaixo de promessas. Não haverá impossíveis para Deus na vida daqueles que estão debaixo das promessas (Hb 12.24). Temos promessas superiores. Vamos profetizar porque o Senhor nos coloca num nível de acesso.  Temos livre acesso para viver as promessas superiores.”  

O apóstolo finalizou dizendo que quando passamos por esta porta, a obra vai ser feita rapidamente. “Todos vão contemplar a obra que o Senhor vai fazer em nossas vidas. E a obra será em tempo que não esperávamos... Em 52 dias não vamos mais passar por portas queimadas porque passamos pelas portas dos impossíveis. Pela fé, vamos nos levantar no poder de Deus e em tempo recorde vamos ver a maior obra de Deus realizada em nossas vidas!

veja também