?Deus trabalhou poderosamente" diz mulher curada de câncer terminal

?Deus trabalhou poderosamente" diz mulher curada de câncer terminal

Atualizado: Quinta-feira, 20 Janeiro de 2011 as 10:36

Liberada para morrer em casa, em Cuiabá, no Mato Grosso, Irene Ferraz, de 53 anos, conheceu o programa da Igreja Mundial do Poder de Deus no leito, esperando a morte. “Havia me conformado que morreria.

Eu sofria com um câncer terminal que se apossou de todos os meus ossos em um ano. Com nove meses, o câncer me derrubou. Passei três meses internada no hospital, vinte e seis dias na utei e três dias praticamente morta, apagada”.

O esposo de Irene, Hilton Cardoso, de 53 anos, diz que os médicos haviam determinado que não houvesse mais chances para Irene. “A doutora que tratava do caso dela a desenganou e me disse que havia feito tudo o que podia, então a liberou para morrer em casa.

Irene não conseguia mais andar, não tinha forças para mover os braços e outros músculos, precisávamos pegar ela para levar a todo lugar, alimentar e banhar”.

Enquanto esperava a morte, Irene encontrou a vida, através do programa da Igreja Mundial do Poder de Deus. “Eu já conhecia a Igreja Mundial do Poder de Deus, mas não havia parado para assistir.

Mas em casa, condenada, vi o programa e pedi ao meu marido que viesse até a sede, no Templo dos Milagres, e buscasse a minha cura, minha vitória”.

“Assim que vim para cá a primeira vez”, continua Hilton, “Deus trabalhou poderosamente.

Recebi muitas orações, alguns bispos e pastores oraram e declararam a cura de Irene e, quando voltei ao Mato Grosso, ela estava forte de novo.

Levei-a ao hospital e a médica que a desenganou disse ‘é um milagre, porque ela não tem mais nada’. Depois disso, Irene passou mais um ano se recuperando.

Ela precisou reaprender a andar e recuperou peso, agora que está saudável, viemos para testemunhar e agradecer a Deus”.

veja também