Dia D atrai 130 mil pessoas para estádio na Argentina

Dia D atrai 130 mil pessoas para estádio na Argentina

Atualizado: Terça-feira, 27 Julho de 2010 as 1:08

Estádio de Futebol Racing Club de Avellaneda, Buenos Aires, Argentina. A temperatura abaixo dos 5°C, acompanhada de fina chuva, não foi capaz de impedir a presença de mais de 130 mil pessoas no "Dia D” argentino, um dos maiores eventos organizados pela Igreja Universal do Reino de Deus na história do país.

Desde as 6 horas da manhã, caravanas de todas as partes da Argentina começaram a chegar. O evento, que começou às 11 da manhã, iniciou seu aquecimento espiritual com apresentação de vários cantores.

O povo cantava e louvava a Deus até a chegada do bispo Romualdo Panceiro – responsável pelos trabalhos evangelísticos no país. Cruzando o gramado, ele foi em direção à cruz e, ao pé dela, reuniu-se com outros pastores e bispos, realizando um forte clamor em prol de todos os milhares de presentes.

"Algumas dessas pessoas são afligidas por problemas familiares, insônia ou depressão; alguns até morrem por ter pensado há muito tempo que a vida é cruel com eles, por terem uma vida de tragédias, e é por isso que nos reunimos aqui. E nós pedimos – lhe pedimos, ó Deus – para consagrar este estádio, de modo que quando as pessoas colocarem os pés aqui, sejam, em Seu Nome, curadas, e tenham suas famílias reconstruídas”, clamou o bispo.

Cura, libertação, prosperidade e, principalmente, salvação das famílias e mudança de vida, foram os pedidos feitos a Deus em favor de todos. Em seguida, muitos levantaram suas mãos confirmando as curas instantâneas recebidas na hora da oração.

O novo nascimento foi o foco da pregação. O bispo explicou que quem passa por essa experiência espiritual vence todos os problemas e consegue manter-se sempre firme na fé.

"O milagre da cura de uma doença é muito importante, embora pequena. É desagradável sentir dor; não conseguia dormir à noite. Quando uma pessoa é liberta, fica feliz. Tenho a certeza que muitos de vocês vão prosperar, porque as portas foram abertas esta manhã. Mas você tem que saber que o milagre mais importante na vida de uma pessoa – que nem eu, nem uma religião pode fazer –, é o milagre que pode ser feito pelo Espírito Santo, é o milagre do novo nascimento. Ninguém pode fazer esse milagre, que é a transformação interior de uma pessoa; é ter o caráter do Senhor Jesus, onde ela é capaz de mostrar o Senhor Jesus, porque houve uma transformação em seu coração”, finalizou.

Postado por: Felipe Pinheiro

veja também