Dieta para a Alma

Dieta para a Alma

Atualizado: Sexta-feira, 25 Março de 2011 as 9:32

Uma Dieta para a Alma vem preencher uma lacuna deixada no seio da igreja, bem como de boa parte da literatura cristã contemporânea, por conta de uma pregação e ensino que carecem de comprometimento sério com o texto sagrado. Isso porque, no afã de agradar aos ouvintes e leitores, negocia-se a interpretação adequada da Palavra.

Outro motivo é o uso da pregação por motivações apenas profissionais, e, nesse caso, a pregação fica carente de vida. São os que pregam a Palavra apenas porque têm que dizer algo. Há, porém, outros que o fazem porque têm algo a dizer. É esse o caso de Heleny Uccelo Gama. Suas reflexões nos levam a dois pontos que são fundamentais a quem tem contato com a exposição bíblica, seja através do púlpito ou da literatura: compreensão do texto e aplicação à vida do ensino exposto.

Assim, não há como ler este livro sem se sentir tocado por ele. Você tem em mãos um instrumento profundamente bíblico que vai trazer conforto e ânimo para o seu coração. Pr. Jease Costa DR. RUSSELL SHEDD: A motivação suficiente para ler um livro seria o desejo de crescer, amadurecer, ser mais útil para Deus. Ao ler o livro de Heleny U.G.M. Barreto cheguei à conclusão de que ela é capaz de conduzir seus leitores a esse alvo porque ela mesma tem caminhado há muito neste caminho de maturidade. Creio que muitos leitores aproveitarão seus insights. Pense na observação de que não são os problemas que provocam a tristeza. Essa emoção negativa depende da atitude com que encaramos esses problemas. Isso fica confirmado pelo fato de que algumas pessoas enfrentam grandes problemas e mesmo assim são felizes.

Desejos sempre teremos conosco. Não foi a intenção de Deus satisfazer plenamente todos os nossos desejos, mas nos ensinar como conviver com eles de maneira saudável e madura, sem perder a esperança. Achei valiosa a observação de que por meio de adoração confrontamos as mentiras dos nossos monólogos interiores e das declarações das outras pessoas sobre nós mesmos com a verdade de Deus. Naturalmente a autora, sendo mulher, se interessou em apresentar assuntos que dizem respeito ao sexo feminino. Veja o capítulo que trata da maneira como Jesus se relacionou com as mulheres. Quem nunca se deu ao trabalho de procurá-los ficará surpreso ao descobrir quantos casos há nos Evangelhos de contatos especiais de Jesus com mulheres.

Temos o desafio bíblico de crescer para a maturidade, para a plena varonilidade que Deus almeja para seus filhos. A nossa autora tem pensado incisivamente sobre esse desafio. Comparações e contrastes com o amadurecimento de filhos sob a tutela dos pais ajudam a compreender o que está envolvido nesse processo. Na mensagem escrita para o Dia dos Pais, o leitor descobrirá excelentes observações para orientar a todos que não estão satisfeitos com sua maturidade. Temos de ficar alertas perante os perigos do perfeccionismo e dum espírito controlador que quer mudar os outros, mas não consegue mudar para melhor a si mesmo. Perigos como estes devem ser vencidos com a ajuda do Senhor.

Tenho confiança de que este tomo será assimilado com proveito. Boa quantidade de proteína e carboidratos intelectuais e espirituais aqui se encontram.

A Deus toda a glória! Russell Shedd, Ph.D.  

veja também