A diferença entre o empregado e o filho

A diferença entre o empregado e o filho

Atualizado: Terça-feira, 6 Agosto de 2013 as 3:52

filho pródigoEm Lucas 15:19 o filho pródigo implorou a seu pai para tratá-lo “como um dos teus empregados.” Esse foi o único pedido que o pai rejeitou. Ele tinha muitos empregados, mas apenas dois filhos. 
 
O pai queria seu filho de volta. A diferença entre um Empregado e um Filho é a seguinte: ambos trabalham duro por muitas horas, da manhã até a noite. Apenas de noite a diferença aparece.
 
O empregado pede por seu pagamento – o filho não. Por que não o filho? Porque o filho sabe de algo que o servo não sabe. Ele sabe que virá o dia em que tudo o que pertence ao pai será seu. “Tudo o que tenho é seu...” (vers. 31).
 
Nós servimos a Jesus apenas como um servo – para ter recompensa imediata, reconhecimento e constante congratulamento? Ou somos como filhos que sabem que uma herança que jamais poderá perecer, macular-se ou perder seu valor está guardada para nós no céu? 
 
(1 Pedro 1:3-5). Sejamos pessoas que agradam a Deus, não a homens. Deus lhe abençoe hoje. 
 
 
- Reinhard Bonnke
Via Facebook
 
 

veja também