Domingo de Pentecostes: Por que Algumas Igrejas Celebram e Outras Não?

Domingo de Pentecostes: Por que Algumas Igrejas Celebram e Outras Não?

Atualizado: Segunda-feira, 13 Junho de 2011 as 10:37

Dependendo da tradição da Igreja que você abraça, domingo de Pentecostes pode ter um valor significativo para você ou pode não ter nenhum.

Enquanto muitas Igrejas de tradições dominantes e litúrgicas planejam celebrar Pentecostes no Domingo, poucas congregações estarão marcando o dia em que o Espírito Santo desceu sobre os discípulos e o dia em que a Igreja foi fundada há uns 2000 anos atrás.

Uma razão, diz o Pastor Ron Benson, é que "a maioria dos evangélicos não seguem verdadeiramente o calendário da Igreja, exceto para Natal e Páscoa."

O Pastor Benson da Grace Christian Fellowship, uma Igreja evangélica não-denominacional, explicou ao The Christian Post por que algumas Igrejas, incluindo a sua, não celebram Pentecostes.

Ele disse que além de Natal e Páscoa, e talvez o Advento e a Semana Santa, "o resto do calendário da Igreja é visto como litúrgico e ritualístico."

"Pentecostes" significa "quinquaségimo dia" depois do Sabbath da Semana da Páscoa (Lev. 23:4-7, 15-16) e foi uma das três festas anuais que vieram antes da Páscoa. Pentecostes é também referido como "Festa das Semanas" (Deut. 16:10). As Igrejas se referem à Pentecostes como o "nascimento da Igreja" ou "a celebração do dom do Espírito Santo à Igreja," que vem de Atos 2:1-4.

E, cumprindo-se o dia de Pentecostes, estavam todos concordemente no mesmo lugar. E de repente veio do céu um som, como de um vento veemente e impetuoso, e encheu toda a casa em que estavam assentados. E foram vistas por eles línguas repartidas, como que de fogo, as quais pousaram sobre cada um deles. E todos foram cheios do Espírito Santo, e começaram a falar noutras línguas, conforme o Espírito Santo lhes concedia que falassem.

O Pastor Benson admitiu que alguns têm medo de celebrar Pentecostes por causa do desconforto com as expressões carismáticas.

"Ironicamente, uma segunda razão que nós não prestamos muita atenção ao Domingo de Pentecostes é que temos medo do aparecimento de Espírito Sant-ismo. é triste, mas mais ultrajantes expressões do Pentecostalismo e Carismáticos tornam a celebração do Pentecostes um pouco arriscada."

Ele acrescentou: "Eu também penso que queremos que Jesus seja o centro. Não podemos dizer se isso é certo ou errado." Benson apontou que na história da Igreja, especialmente entre Ortodoxos, Católico Romanos, e outras antigas denominações Protestantes, feriados especiais foram criados e praticados com prosperidade.

"Quais são os dignos de prestar atenção?" perguntou ele. "é difícil escolher um."

A Igreja Higher Living Christian, uma Igreja carismática com campi em Hampton e Jonesboro, Ga., por outro lado, está planejando festejar o Domingo de Pentecostes.

"Eu acredito que um certo segmento da Igreja tem deixado de enfatizar Pentecostes," disse André Landers, pastor principal da Igreja. "Muitos Cristãos veem isso como um distintivo denominacional, em vez de Convocação Santa para todos os crentes. Pentecostes não é somente para Pentecostais, mas para todas as pessoas que acreditam."

Landers afirmou que milhares de membros em sua congregação se vestem de branco e adoram a Deus pelo nascimento da Igreja e o dom do Espírito Santo.

"Nós tomamos o 'assustador' do Espírito Santo e propósito em nossos corações para sermos testemunhas do Reino de Deus." E ele diz que eles veem o dia como "tempo para focar nos atos de bondade uns para com os outros, para sermos uma bênção aos pobres e nos comprometermos em compartilhar a nossa fé com o mundo."

"O Espírito Santo não nos foi dado apenas para argumentar sobre o falar em línguas. Mas Ele nos foi dado para ajudar, para nos capacitar a testemunhar - para falar na língua que o homem entende e declara a obra maravilhosa de Deus."    

veja também