E-book: Purgatório

E-book: Purgatório

Atualizado: Terça-feira, 10 Maio de 2011 as 8:12

“Que diremos, pois, à vista destas coisas? Se Deus é por nós, quem será contra nós? Aquele que não poupou o seu próprio Filho, antes, por todos nós o entregou, porventura, não nos dará graciosamente com ele todas as coisas? Quem intentará acusação contra os eleitos de Deus? É Deus quem os justifica. Quem os condenará? É Cristo Jesus quem morreu ou, antes, quem ressuscitou, o qual está à direita de Deus e também intercede por nós.

Quem nos separará do amor de Cristo? Será tribulação, ou angústia, ou perseguição, ou fome, ou nudez, ou perigo, ou espada? Como está escrito: Por amor de ti, somos entregues à morte o dia todo, fomos considerados como ovelhas para o matadouro. Em todas estas coisas, porém, somos mais que vencedores, por meio daquele que nos amou.

Porque eu estou bem certo de que nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as coisas do presente, nem do porvir, nem os poderes, nem a altura, nem a profundidade, nem qualquer outra criatura poderá separar-nos do amor de Deus, que está em Cristo Jesus, nosso Senhor.” (Romanos 8.31-39). Neste livro, quero compartilhar com vocês um assunto bastante polêmico, cujo ensino está desvirtuado da Palavra de Deus. Precisamos conhecê-la profundamente, porque o povo de Deus “está sendo destruído porque lhe falta o conhecimento.” (Oséias 4.6). Jesus foi enfático ao dizer: “Examinais as Escrituras, porque julgais ter nelas a vida eterna, e são elas mesmas que testificam de mim.” (João 5.39). Quando uma pessoa passa a conhecer as Escrituras, ela começa a entender o mundo espiritual e a discernir as coisas espirituais e as naturais de modo muito mais profundo.

E, com isso, ela deixa de cometer muitos erros. Mas se a pessoa ignorar o ensino das Escrituras, ela estará sujeita a heresias e a doutrinas as mais absurdas.     Clique aqui para ler  

veja também