"É um lugar de guerra", diz Joel Engel sobre local de ato profético

"É um lugar de guerra", diz Joel Engel sobre local de ato profético

Atualizado: Terça-feira, 14 Janeiro de 2014 as 3:47

"É um lugar de guerra", diz Joel Engel sobre local de ato proféticoNa última sexta-feira, 10/01, o Ap. Joel Engel realizou um ato profético no chamado Ponto Geodésico da América Latina, em Cuiabá. 
 
Acompanhado por outros pastores e o seu filho Tiago Engel, o líder do Ministério Engel orou pelo Brasil e levou ofertas ao local.
 
Em entrevista exclusiva ao Portal Guiame, Engel falou mais sobre como se deu a realização do Ato, o que o motivou a realiza-lo e quais podem ser os efeitos deste acontecimento.
 
Confira abaixo a entrevista na íntegra:
 
Guiame: Como se deu a realização do ato profético no ponto gedésico da América Latina? 
 
Joel Engel: O ato em si foi igual a outros atos proféticos que são realizados : levamos 5 homens de Deus - pastores Davi Grubert, Wyllyam Santos, Rinaldo Joobi e Adeildo José (Portugal), cada um representando um ministério - e meu filho (Tiago), representado esta geração, orando e pedindo a Deus que a abençoe, para que seja como a geração que possuiu a terra como Josué. Também usamos 5 elementos: Vinho, sal, pão, cinza , óleo. Cada um de nós orou e profetizou baseado nos elementos. O Vinho fala da redenção: "O sangue de Jesus para remir a terra e perdão para nosso povo". Nós oramos, clamando por perdão para nossa nação, assim como os Judeus faziam no dia da Expiação (Lv 16). O Sal fala de cura. Nós pedimos a Deus que curasse nossa nação e a Igreja. Já o Pão fala de unidade. Nós também oramos pela unidade do Corpo de Cristo. O óleo fala de Unção. Pedimos que Deus venha ungir apóstolos.A Cinza simboliza arrependimento, pedimos para Deus "produza" arrependimento, que o Seu povo O busque com profundo arrependimento por seus pecados. O diferencial deste Ato foram as ofertas. Elias levou ao altar uma oferta "superior" às ofertas entregues pelos profetas de baal. O profeta do Senhor pediu que o as ofertas entregues a Deus fossem acrescidas de água, o recurso mais caro naquele contexto. Nós decidimos então oferecer a Deus uma oferta "melhor" naquele lugar. 
 
Guiame: Por que foi escolhido especificamente aquele local?
 
Joel Engel: Aquele local é o ponto Geodésico da América Latina, um lugar disputado, espiritualmente falando. É um
"Lugar de Guerra". Quem está no centro controla a região. A primeira vez que estive em Várzea Grande (MT), fiquei impressionado com as atividades satânicas executadas naquele lugar. Comecei a buscar a Deus pedindo estratégias para derrotar o inimigo! Então Deus me deu uma visão: No ponto Geodésico havia 12 sacerdotes satânicos, sacrificando bois aos demônios. Logo após vinham 24 homens de Deus, cada um com um boi para oferecer ao Senhor. Estes homens recebiam uma unção poderosa para vencer os sacerdotes do inimigo. Identifiquei logo e lembrei de Elias, quando desafiou os profetas de baal (I RS 18).
 
Guiame: Quais o efeitos que um Ato como este pode surtir (seja em nível social, espiritual, enfim...)?
 
Joel Engel: Já fiz Atos Proféticos em vários estados e logo após Deus mudou a geografia. Em Roraima por exemplo: havia uma seca tão grande, que dava para caminhar no leito do rio, muita miséria e uma guerra entre brancos e índios, que já durava 40 anos. Deus abençoou e mandou as chuvas, prosperidade, paz e conversão. Roraima foi o primeiro estado a alcançar uma média de 51% da população constituída por evangélicos. A conversão dos índios aumentou em 30%. O Governador José de Anchieta Jr. se converteu e agora, às segundas-feiras realiza um culto. Ele abriu o salão nobre do Palácio para as igrejas orarem todos os dias pelo Estado. A capital Boa Vista recebeu da ONU o título de cidade modelo. Roraima foi considerado um "Eco Estado" (estado ecológico). Tudo isto foi profetizado no Ato, realizado no monte Roraima. Já em Rondônia, depois do Ato Profético realizado lá, ouvimos o testemunho do prefeito Mauro Nasif. Segundo ele, de agosto a novembro sempre é muito seco e há muitas queimadas, tornando o ar insuportável. Mas no ano em que realizamos o Ato (2013) choveu direto e a colheita foi 5 vezes mais que em outros anos.
 
Guiame: Realizado este Ato, quais sãos os próximos planos para o seu ministério?
 
Joel Engel: A partir deste Ato iniciamos 50 dias de consagração para "gerar" todas as bênçãos do Jubileu para a nossa Nação. Depois faremos a Agenda da Rota do Fogo. Entre os planos propostos para este ano, estão: trabalhar para levantar adoração em todo Brasil. Para isso, vamos nos basear no Tabernáculo de Davi e investir na nossa Casa de Oração 24/7.  Queremos levar avivamento através da Rota do Fogo. Também pretendemos interagir com o podo de Deus e outras nações por meio do nosso portal, edificando assim o corpo de Cristo.
 
Por João Neto - www.guiame.com.br

veja também