Edir Macedo fala, em artigo, que promessas não caem do céu

Edir Macedo fala, em artigo, que promessas não caem do céu

Atualizado: Segunda-feira, 16 Julho de 2012 as 2:01

O bispo Edir Macedo, da Igreja Universal do Reino de Deus, publicou em seu blog um texto que aborda o cumprimento das promessas de Deus.

No texto, ele aborda como se dá a concretização de tais promessas.

Para ele, são muitas as razões que impedem o cumprimento das promessas.  "Porém, a mais acentuada se deve ao fato de os que creem ficarem esperando as promessas caírem do céu", escreveu.

Leia o texto de Edir Macedo na íntegra:


Jesus é o Amém!

Por que não acontece a diferença de vida prometida por Deus, na vida de muitos crentes?

São muitas as razões, porém, a mais acentuada se deve ao fato de os que creem ficarem esperando as promessas caírem do céu.

Essa é a maior razão da falta de diferença!

Deus separou Abraão para fazer dele a diferença entre ele e seus contemporâneos.

Por sua vez, Abraão não ficou parado ou esperando que as coisas acontecessem naturalmente.

Antes, ele agiu, obedeceu e perseverou em seguir Aquela Voz, aquela direção.

Deus não nos tem chamado só para crer na Sua Palavra, mas sobretudo para tomarmos posse das promessas e fazermos a diferença neste mundo.

Não só buscar a diferença, mas ser a diferença no dia a dia.

O que a pessoa faz quando chega à idade da aposentadoria?

Espera o governo bater à sua porta e premiá-la com seus direitos?

Não. Ela sabe que o governo jamais fará isso, apesar de saber que tem seus direitos...

Qual sua atitude?

Ela corre atrás com requerimentos diante do governo, etc.

Depois de atender à papelada requerida, então o governo é obrigado a atender seus direitos.

O mesmo se dá diante de Deus. A pessoa tem de correr atrás…

Não fosse necessário lutar e tomar posse das promessas Divinas, não haveria necessidade de oração, clamor, vigílias e jejuns.

Quando o advogado se apresenta diante de um juiz, em defesa de seu cliente, ele não quer saber se o juiz gosta ou não dele, ou do cliente.

Ele sabe, perfeitamente, que o juiz tem de cumprir o que está escrito na Lei.

O mesmo também aplica-se em relação às promessas de Deus.

Não importa se merecemos ou não.

Se apresentamos fé, tornamo-nos merecedores das promessas.

Jesus disse: “Em verdade também vos digo que, se dois dentre vós, sobre a terra, concordarem a respeito de qualquer coisa que, porventura, pedirem, ser-lhes-á concedida por meu Pai, que está nos céus.” Mateus 18.19

Por favor, meditem nessa Palavra.
Carreguem-na dentro da mente e do coração todos os dias, ou pelo menos, até este Domingo.

E tomem posse da diferença prometida!

Em o Nome do Amém, amém!

veja também