Educação sexual nas escolas de Nova York preocupam pastores

Educação sexual nas escolas de Nova York preocupam pastores

Atualizado: Quinta-feira, 11 Agosto de 2011 as 9:24

A partir deste ano o ensino fundamental e médio de Nova Yorka, cidade mais populosa dos EUA, serão obrigados a implementar um currículo classes de orientação sexual, onde os estudantes seriam ensinados a respeito do uso do preservativo e da idade apropriada para a atividade sexual. Segundo o The New York Times esta é a primeira vez em quase duas décadas que as aulas de educação sexual serão obrigatórias.   Essa iniciativa tem preocupado os líderes e pastores: "Aqui está a linha de fundo sobre esta questão: as escolas públicas agora estão exigindo o ensino de educação sexual de maneira direta,"  disse  em seu podcasting,o Dr. Albert Mohler, presidente do Southern Baptist Seminário Teológico.   A obrigatoriedade instituida pelo prefeito de Nova York, Mike Bloomberg, faz parte de um projeto para prover oportunidades para jovens negros e latinos, que são mais propensos a abandonar a escola e crescer na pobreza."Temos de enfrentar essa dura verdade e mudar, disse Bloomberg em seu pronunciamento no domingo. "Nos próximos três anos, e promover oportunidades para jovens negros e latinos em quatro áreas-chave onde as disparidades são maiores -. Educação, saúde, emprego, eo sistema de justiça"

Para um influente evangélico americano a medida é perigosa: "Esta é a lógica de uma sociedade que perdeu a sua sanidade mental sobre a moralidade sexual" disse.

Por Pollyanna Mattos

Com informações do Christian Post

veja também