Eleitos por Deus

Eleitos por Deus

Atualizado: Quarta-feira, 5 Dezembro de 2012 as 9:40

 

Na época das eleições, como a que vimos recentemente, as pessoas ficam preocupadas como será o futuro da cidade, do estado e do país. Será que o candidato eleito vai cumprir o que prometeu? Qual é o critério para a escolha do candidato? Por que ele já fez, ou vai fazer algo para todos ou parte da população? Por que ele é bonito ou é muito eloquente? Cada cidadão tem sua forma de escolher, e a escolha deve ser feita por propostas de trabalho para contemplar a toda população da cidade e não por outro argumento.
 
As eleições nos EUA encerram no dia 7 de novembro com a vitória de Barack Obama (303 votos do Colégio Eleitoral) contra Mitt Romney (206). O autor Philip Yancey, no livro Maravilhosa Graça, destaca a destaca a questão do poder: “A política determina limites entre pessoas; em contraste o amor de Jesus passa por cima dessas linhas e distribui graça… A escada do poder sobe, a escada da graça desce”.
 
Para o Pr. Martin Luther King Jr, ativista e líder político americano, assassinado em 1968, “o poder sem amor é imprudente e abusivo. O poder é principalmente o amor implementando as exigências da justiça”.
 
Analisando tudo isso, estive pensando sobre a eleição feita por Deus. Ele também elege as pessoas! Toda humanidade foi eleita por Deus para a salvação (João 3:16).
 
Porém é uma eleição que precisa ser confirmada. Assim como apertamos a tecla verde para “sim”, cada ser humano tem o direito de escolher a salvação em Cristo. Ao abrir o coração, conhecer o plano de salvação pela Bíblia e descobrir a graça de Deus, a pessoa é eleita para viver eternamente e feliz!
 
A recompensa da humanidade era a morte, porém Deus nos elegeu para a vida. Uma vida diferente, saudável e feliz. Somos eleitos para sermos exercermos com responsabilidade a paternidade ou maternidade, ensinando o bom caminho aos nossos filhos. Somos eleitos para servir da melhor maneira possível à sociedade, para ajudar os vizinhos, para ser como sal e luz na escola e no trabalho. Para produzir bons frutos (João 15:16).
 
O cristão é eleito para viver em amor. “Revesti-vos, pois, como eleitos de Deus, santos e amados, de entranhas de misericórdia, de benignidade, humildade, mansidão e longanimidade”. (Colossenses 3:12).
 
Deus nos elegeu para a justificação. “Quem intentará acusação contra os escolhidos de Deus? É Deus quem os justifica”. (Romanos 8:33).
 
No contexto da parábola das bodas (festa de casamento), os que foram chamados deram suas desculpas e não compareceram. O Senhor Jesus Cristo convida a todos, porém poucos são escolhidos! “Porque muitos são chamados, mas poucos, escolhidos”. (Mt 22:14)
 
E você, já fez a sua escolha?
 
Não deixe para amanhã, confirme agora o chamado de Deus para receber o amor e a maravilhosa graça de Cristo em sua vida para a salvação, perdão dos pecados e obter a vida eterna.
Deus escolheu você e lhe convida a ouvir sua voz e desfrutar do amor, da graça e da bondade de Cristo para sempre!
 
 
por Pr. Sandro Soares de O. Lima
 

veja também