Em culto no Rio de Janeiro bispo pede pela a justiça divina

Em culto no Rio de Janeiro bispo pede pela a justiça divina

Atualizado: Segunda-feira, 24 Janeiro de 2011 as 1:40

Em recente Concentração de Fé e Milagres ocorrida na Catedral Mundial da Fé, no Rio de Janeiro, bispo Darlan Ávila pregou sobre a “Justiça Divina”. Ele explicou às milhares de pessoas presentes que a justiça vem do Senhor e que toda injustiça vem do diabo. Além disso, fez orações pedindo a Deus por justiça na vida de todos os que estavam no encontro.

Na mensagem, bispo Darlan Ávila lembrou o que o Senhor Jesus declarou: “Pedi, e dar-se-vos-á; buscai, e encontrareis; batei, e abrir-se-vos-á. Porque, aquele que pede, recebe; e, o que busca, encontra; e, ao que bate, abrir-se-lhe-á.” (Mateus 7:7-8) Ele ainda fez orações pedindo pela cura dos enfermos, pelos dizimistas e pelos que sofriam injustiças no trabalho ou em outras áreas da vida.

Nesta mesma reunião, bispo Darlan ressaltou a importância do Novo Nascimento. Falou que a pior coisa é a religiosidade. “Muitas pessoas tentam mostrar uma coisa que não são. Tentam mostrar uma santidade que não têm. É necessário ter uma substituição de comportamento, de pensamentos e limpar o interior. Mas quem traz esta transformação é o Espírito Santo. Ele trabalha de dentro para fora e não de fora para dentro”, destacou o bispo.

Entre os participantes da reunião, que acontece todos os domingos às 9h30, estava a dentista Miriam Moreira Fonseca, de 45 anos (foto ao lado). Ela contou que é um exemplo da mensagem que foi ministrada naquela manhã, pois, apesar de ter 21 anos de profissão, sentiu-se humilhada por muito tempo. E por mais que se esforçasse e tivesse talento, não era reconhecida. “Obviamente nós necessitamos de justiça, mas muitas vezes esquecemos que a justiça não é nossa, vem de Deus. Aprendi que não temos que confundir justiça com vingança. Temos que limpar o coração para que Deus habite nele. Devemos também agir a fé e para que as bênçãos sejam alcançadas”, declarou.

E a justiça divina alcançou Miriam. “Eu consegui o reconhecimento profissional. Há poucos meses participei de uma capacitação profissional em São Paulo, onde fui tratada como uma celebridade. Senti-me muito importante e valorosa na minha profissão. Hoje disputo o título da melhor dentista do mundo, representando o Rio de Janeiro, junto com outros profissionais de vários países”, contou Miriam.  

veja também