Em defesa das africanas

Em defesa das africanas

Atualizado: Terça-feira, 31 Agosto de 2010 as 9:43

A ONG Mulheres em Ação lançou recentemente na Catedral da Fé do bairro de Soweto, em Johannesburgo, a campanha “Salve uma Tamar” para combater toda forma de abuso contra mulheres na África do Sul.

Tamar, na Bíblia, é filha do rei Davi, e foi estuprada pelo irmão, Amnom. A iniciativa tem o objetivo de devolver a autoestima a mulheres, já que o abuso tirou a dignidade de muitas.

“Às vezes, as mulheres ouvem acusações de amigos ou membros da família, como: ‘Por que estava andando sozinha?

Olha para as roupas que está usando.’ Mas que culpa pode ser colocada em uma criança a qual alguém tirou vantagem em sua própria casa? Talvez tenha sofrido um abuso e se sinta desprezada, rejeitada, e queremos dizer que você é uma mulher de valor, de coragem”, disse Márcia Pires, fundadora da ONG.

Os homens compareceram em grande número para apoiar as mulheres e a campanha. Direcionando seus comentários a eles, Márcia declarou: “Atue na comunidade para se unir à luta contra o abuso da mulher e da criança.”

O coral do Mulheres em Ação apresentou a canção especial “Salve uma Tamar”, que será entoada durante os 4 meses da campanha. Eles também fizeram chaveiros de brinquedo que foram vendidos, sendo a arrecadação doada para a Clínica Teddy Bear, organização sem fins lucrativos de proteção e assistência a crianças que sofreram abuso.

veja também